Por pbagora.com.br

A ação penal contra o deputado federal Rômulo Gouveia (PSDB) em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu ontem um comunicado de renúncia do advogado Rodrigo de Sá Queiroga. Ele apresentou requerimento comunicando a renúncia e a exclusão de seu nome do registro processual. Além de Rodrigo, Rômulo conta com a atuação dos advogados Delosmar Mendonça e Irapuan Sobral Filho.

O processo contra o parlamentar paraibano tem como autor o Ministério Público Federal. De acordo com o site do STF, o processo trata de direito penal/crimes previstos na legislação extravagante/crimes eleitorais e captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.

Rômulo é candidato a vice-governador na chapa do ex-prefeito Ricardo Coutinho (PSB). Ele teve o pedido de registro impugnado, sob a alegação de contas desaprovadas nas eleições de 2008. O processo da candidatura de Rômulo ainda não foi julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

No Supremo Tribunal Federal Rômulo Gouveia responde também a um inquérito com vistas a apurar eventuais irregularidades em procedimentos licitatórios promovidos pela Assembléia Legislativa da Paraíba, com o suposto envolvimento do parlamentar, que à época dos fatos ocupava a presidência do Poder Legislativo.

 

Fonte: Lana Caprina

Notícias relacionadas

Casal é preso suspeito de lançar drogas em presídios de João Pessoa utilizando drones

A Polícia Civil deteve um casal suspeito de arremessar drogas em presídio de João Pessoa. A captura foi feita neste sábado (17). De acordo com informações da polícia, o homem…

Polícia Militar aborda veículo e encontra cocaína e crack com o motorista

Na tarde deste sábado (17), a Polícia Militar abordou um veículo no bairro do Cristo, em João Pessoa, e encontrou vários tipos de drogas. A viatura efetuava rondas de rotina…