Por pbagora.com.br

 O jovem Anderson Bernardino de Araújo, 17 anos, conhecido por Andinho foi assassinado nessa segunda-feira (28), com vários tiros quando estava na calçada da Rua Pedro Moura, próximo ao Cemitério São Judas Tadeu, em Patos.

Anderson foi atingido no tórax, costas e abdômen e morreu no local. De acordo com informações de vizinhos, a vítima estava sendo ameaçada. A Polícia Militar já tem nome do suspeito, mas não divulgou para não atrapalhar as investigações.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi deslocado, porém, por falta de segurança e devido a ausência da Polícia Militar a ambulância teve que se afastar, no entanto, se verificou que a vítima estava morta.

O médico do SAMU disse a ausência da Polícia Militar causou insegurança para a equipe de socorro, pois o local contava com uma multidão ao redor do corpo. “A equipe chegar antes da Polícia Militar é ruim para dar segurança em todos os sentidos. Nós já presenciamos casos do assassino estar no local e quando começamos a socorrer foi terminada a execução pelo homicida colocando em risco a todos”, relatou o médico.

 

Redação com Diário do Sertão

Notícias relacionadas

Suspeito de violentar jovem e assaltar família na Paraíba, é preso

A Polícia Militar localizou e prendeu o principal suspeito de violentar uma jovem, assaltar sua família, e de cometer vários crimes de roubo na região de Lagoa Seca e Puxinanã.…

Festa com cerca de 100 pessoas é encerrada pela PM em João Pessoa

Na madrugada deste sábado (15), a polícia Militar encerrou uma festa clandestina com aproximadamente 100 pessoas no bairro das Indústrias, em João Pessoa. De acordo com as informações o evento ocorria…