Por pbagora.com.br

 Um adolescente, 13 anos, foi executado na noite desta segunda-feira (16), no bairro Marcos Moura em Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa. A vítima, identificada como André dos Santos, havia saído de casa onde residia com a família, na Comunidade Jardim Carolina, pela manhã.

De acordo com a mãe de André, ele não tinha envolvimento com o tráfico de drogas, no entanto, populares informaram na localidade do crime, que ele ‘trabalhava’ como ‘aviãozinho’ dos traficantes – pessoa recrutada para entregar drogas a pedido do chefe da ‘boca de fumo’.

Ao lado do corpo, um bilhete com os seguintes dizeres, foi encontrado: “Essa é a lei do cão. Estuprador tem que morrer. Tem que representar, Samuka é nós”.

O caso está sendo investigado pela delegada de homicídios, Maria das Dores. Até o momento, não há informações sobre a autoria do crime. O adolescente, que estava usando uma máscara quando foi assassinado, foi baleado com um tiro de espingarda calibre 12, no rosto e tiros de pistola.

Redação com portalcorreio

 

Notícias relacionadas

Vereador da região de Sousa cai em golpe e perde mais de R$ 10 mil

Nessa terça-feira (13) o vereador Francisco Alexandre (PSDB) da cidade de Marizópolis, região de Sousa, Sertão paraibano, revelou, em contato com a imprensa que foi vítima de um golpe, onde…

Em João Pessoa, homem é preso com drogas escondidas dentro de geladeira

A Polícia Militar prendeu um homem no bairro de Oitizeiro, em João Pessoa, com drogas escondidas dentro de uma geladeira. No local, os agentes de segurança apreenderam uma grande quantidade de…