Na tarde deste sábado (11), dois jovens foram presos como suspeitos do assassinato do advogado Levi Borges de Lima. O crime aconteceu na última quinta-feira (9), em um condomínio na Praia do Paiva, no município do Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife-PE.

A dupla suspeita de atirar e matar o advogado foi capturada no bairro de Boa Viagem, em Recife-PE. De acordo com a polícia, O autor dos disparos que mataram o jurista o paraibano é menor e confessou o crime. O jovem que estava no carro e contribuiu com a fuga também foi detido.

A dupla disse aos policiais que estava em busca de uma “Pajero Branca Top”, um veículo modelo SUV, parecido com o do advogado paraibano. O carro teria sido repassado a um traficante local em troca de drogas para consumo e provavelmente revenda.

O CRIME

O crime aconteceu na portaria do imóvel onde o jurista ia visitar a filha, a juíza Andréa Rose Borges Cartaxo, que mora no local. De acordo com as investigações, Borges foi rendido com uma arma na cabeça. Ele abriu a porta e desceu do veículo. Nesse momento, o criminoso atirou.

Após aturar contra o advogado, o suspeito entrou em um outro carro onde havia uma segunda pessoa esperando por ele.

Levi Borges chegou a ser socorrido com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra de Jangada, no município de Jaboatão dos Guararapes, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

14 mandados de busca e apreensão são realizados em penitenciárias de JP

Em uma ação integrada, policiais civis, militares e penais participaram nessa sexta-feira (29) da Operação Malhas da Lei. Foram cumpridos 14 mandados de busca, prisão e apreensão em cinco unidades…

Polícia prende suspeito de tráfico de drogas no Bairro São José

A Polícia Militar prendeu, nessa sexta-feira (29), o suspeito de liderar o tráfico de drogas do Bairro São José, em João Pessoa. A prisão ocorreu no bairro do Bessa, de…