A Paraíba o tempo todo  |

Acusado de matar a modelo Lorrayne será levado hoje à audiência de instrução, em Cabedelo

Está agendada para acontecer hoje (22) a audiência de instrução do homem suspeito de matar a modelo Lorrayne Damaris da Silva, de 19 anos. O crime aconteceu no dia 20 dezembro de 2020 em Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. O homem, que confessou o crime, é ex-namorado da jovem. A audiência está prevista para o Forúm Desembargador Júlio Aurélio Moreira Coutinho, em Cabedelo.

Entenda o caso – Lorrayne, que estava sendo procurada pela família após não dar mais notícias ao desembarcar no aeroporto Castro Pinto, na região metropolitana de João Pessoa. Lorrayne estava em Goiânia e tinha a intenção de passar as festas de fim de ano com a família em João Pessoa. Nessa viagem, um dos planos da modelo seria também se submeter a um procedimento estético. Ela estava trazendo, de acordo com a investigação, uma quantia de R$ 8 mil para custear essa cirurgia.

Ela manteve contato com o ex-namorado mesmo após o término. Ele marcou de buscá-la no aeroporto e a convenceu a ir para Lucena. De acordo com o depoimento do suspeito, o casal de desentendeu após ele tentar uma reaproximação. Ela foi morta por estrangulamento.

O corpo da vítima só foi encontrado oito dias após o desaparecimento. Ela estava debaixo de uma ponte às margens do Rio Paraíba, em Café do Vento.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      15
      Compartilhe