A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio – DCCPAT, prendeu em flagrante, na madrugada desta quinta-feira (11), Jonatan David Correia Galdino, conhecido como “Cotó”, 27 anos. O fato ocorreu no município de Conde e “Cotó” foi preso pelo crime de uso de documento falso.

Segundo o delegado Braz Morroni, do DCCPAT, os investigadores seguiram o carro do acusado, logo após ele ter deixado um comparsa de nome José Nivaldo preso em flagrante horas antes por porte ilegal de armas no Bairro das Indústrias, em João Pessoa.

“Durante a abordagem policial, em frente à sua residência, “Cotó” tentou comprovar a propriedade de um veículo apresentando documento falso.  Ele já estava sendo investigado por suspeita de negociações de carros adulterados e de agir em companhia de José Nivaldo”, explicou Braz Morroni.

José Nivaldo, por sua vez, foi preso em flagrante na noite de quarta-feira acusado de participação  em diversos crimes patrimoniais em João Pessoa, inclusive nas ações criminosas conhecidas popularmente por "saidinhas de banco”, conforme apurado no inquérito e denunciado por meio do Disque Denúncia 197.

 

Secom

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suspeito de manter ex-esposa em cárcere privado é preso no Sertão

A Polícia Militar prendeu um homem no Sertão paraibanos acusado de manter a esposa em cárcere privado. De acordo com a polícia, o suspeito não aceita o fim do relacionamento.…

Tentativa de ultrapassagem em Santa Rita resulta em sete pessoas feridas

Um acidente grave ocorreu na noite de ontem (01), na cidade de Santa Rita, quando um veículo tentou fazer uma ultrapassagem, que resultou em sete pessoas feridas. O caso foi…