A Paraíba o tempo todo  |

Acusado de estelionato é preso pelo GOE

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Policias do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) prenderam na noite desta segunda-feira (6) o potiguar Neokides Ferreira Gomes, 29 anos.

Ele é acusado de estelionato e foi supreendido pelos agentes de investigação quando efetuava uma compra no valor de R$ 4 mil em uma loja de equipamentos automobilísticos, na Avenida Beira Rio, Capital, utilizando o cartão de crédito de um advogado.

No momento da abordagem outra pessoa que estava com ele, identificada como Walter Carvalho Pereira, conseguiu fugir em um veículo Golf de placas MYI 6269, Natal/RN.

Segundo o delegado titular do GOE, Walber Virgolino, Neokides confessou em depoimento que, há cerca de cinco anos, começou a falsificar documentos e praticar estelionato.

“Ele interceptava os carteiros e se passava como proprietário das residências para ter acesso às correspondências. Assim, tinha acesso a cartões de crédito e informações privilegiadas”, explicou o delegado, acrescentando que Neokides também consultava o site do Sistema Nacional de Proteção ao Crédito para obter informações sobre as vítimas.

Desde que chegou à Paraíba, no último sábado (4), Neokides efetuou várias compras em um shopping da cidade: roupas, no valor de RS 1,2 mil; um computador de R$ 2,2 mil; dois laptops avaliados em aproximadamente R$ 4 mil; duas televisões LCD e um videogame.
 

“Para todas as compras, Neokides utilizou o mesmo cartão de crédito, que também serviu para pagar a hospedagem dele em pelo menos dois hotéis por que passou em João Pessoa”, disse Walber Virgolino.

Neokides foi encaminhado para o Instituto de Polícia Científica para identificação criminal e exame de corpo de delito e segue para a Central de Polícia, no bairro do Varadouro, onde permanece à disposição da Justiça.

Da Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe