Uma pesquisa inédita do Paraná Pesquisas, divulgada ontem (17), apontou que o brasileiro teme assalto, mas não sofreu nenhuma violência nos últimos doze meses e nem deixou de fazer algo por medo da criminalidade.

 

Cerca de 51,2% dos brasileiros não deixaram de fazer algo por medo da violência – 48,8%, sim. Entre os que tomaram precauções, sair à noite (20,4%) e sair de casa (12,1%) são os cuidados mais comuns.

 

Nem mesmo mudança de trajetos por medo da violência tornou-se uma prática comum ao brasileiro. Cerca de 62,7% admite seguir o mesmo caminho todos os dias. Ainda assim, assalto segue sendo o maior medo do brasileiro. 66,2% teme esse tipo de violência, contra 11% que colocam abuso sexual como a maior preocupação e 5% sequestro.

 

Como era de se imaginar, o brasileiro sente-se mais inseguro à noite. 62% diz que é o período em que se sentem mais desprotegidos. Nos últimos doze meses, apenas 12,4% afirma ter sofrido algum tipo de violência.

 

Redação com Paraná Pesquisas

 

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jovem morde barriga do esposo após ser agredida e casal é detido pela PM

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) foram acionados pelo Copom e infirmados da agressão de um homem contra sua esposa. O caso ocorreu na cidade de Araçagi, no…

Três pessoas sofrem afogamento e uma morre em Baía da Traição

Os Socorristas do Corpo de Bombeiros e salva-vidas, prestaram na tarde deste domingo (13), em Prainha, na região de Baía da Traição, tentativas de ressuscitação a três pessoas que se…