Mais um crime, que segundo informações da polícia pode ter sido por queima de arquivo, ocorreu ontem (06) em João Pessoa, quando um ex-detento foi assassinado a tiros, no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. Moradores informaram a Polícia que ouviram dois disparos, e quando chegaram ao local encontraram o homem baleado.

O crime aconteceu próxima da 1º Delegacia Distrital, que fica na principal do bairro, no entanto, o local estava fechado.

Segundo a polícia, a vítima identificado  morreu no mesmo lugar onde dormia todos os dias. Os moradores contaram à polícia que ouviram dois disparos.

A Polícia Militar esteve no local. Em seguida, também chegou a Polícia Civil. A perícia foi feito com a área isolada e, em seguida, o corpo da vítima foi levado o Numol, na capital. Até a manhã desta sexta-feira (7), nenhum suspeito havia sido localizado.

O responsável pelo caso o delegado Paulo Josafá informou que o homem foi identificado como Marcos Honorato dos Santos, conhecido por "Moco dos Amarelo", e já cumpriu pena pelo crime de homicídio.

 

Duas facas-peixeira foram encontradas, uma ao lado do corpo e outra na cintura. A Policia Civil, através da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa, vai investigar o caso para tentar localizar e prende o criminoso.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia apreende armas e munições após abordar dupla em Rio Tinto

A Polícia Militar apreendeu um revólver e mais de 25 munições após abordar dois suspeitos que estavam circulando em uma moto, na zona rural de Rio Tinto, no Litoral Norte…

Suspeitos de aplicar golpes contra clientes de supermercado na grande JP são presos

A Polícia Militar prendeu três suspeitos de aplicar golpes contra clientes de um supermercado, na cidade de Santa Rita. O trio, que era formado por dois homens de 39 e…