A polícia realizou a apreensão de 194 aves silvestres na feira Quebra-Quilos, em Campina Grande, no Agreste paraibano. Na ação, que ocorreu no último sábado (25), cinco pessoas suspeitas de tráfico de animais foram presas.

A operação foi liderada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). De acordo com o órgão, algumas das aves apreendidas já foram soltas na natureza, no entanto, as que estavam debilitadas foram encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres, em Cabedelo, para receber o tratamento necessário.

De acordo com Lei 9.605, a punição para o crime de tráfico de animais silvestres é de detenção de seis meses a um ano e multa.

 

PB Agora
Foto: Divulgação/Ibama


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Estupro coletivo em Santa Rita: suspeitos teriam filmado abuso

Os integrantes das Polícias Civil e Militar, que prenderam os suspeitos de estuprar uma mulher, na cidade de Santa Rita, que foram presos ontem (14), tiveram acesso a um vídeo…

Homem é morto em Alagoa Nova, após discussão por aparelho celular

Uma discussão banal por uma aparelho de celular, resultou na morte de um homem de 29 anos, na madrugada de ontem (14), na cidade de Alagoa Nova, no Agreste paraibano.…