Por pbagora.com.br

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Wilson Filho (PTB), celebrou durante sessão ordinária, na manhã desta quarta-feira (10), o anúncio do pacote social feito pelo governador João Azevêdo, que garantirá um investimento de R$ 50 milhões para ajudar milhares de famílias prejudicadas pela pandemia. Ele ainda destacou o esforço do governo para evitar lockdown no Estado, estabelecendo apenas medidas de restrições que garantem a continuidade das atividades econômicas.

Entre as 12 medidas que integram o pacote, se destacam a distribuição de 600 mil cestas básicas para famílias carentes e estudantes da Rede Estadual; manutenção do parcelamento dos débitos de ICMS para todas as empresas da Paraíba em até 60 meses; isenção de pagamento da conta de água para restaurantes, bares e lanchonetes nos meses de março e abril e suspensão do corte de água por atraso no pagamento da tarifa para as pessoas que usam até 10 metros cúbicos, por um período de 60 dias.

Para Wilson, o governador agiu com sensibilidade, ajudando aos mais necessitados e mantendo o funcionamento das atividades econômicas. “A principal meta no momento atual é salvar vidas, mas também atender aos apelos dos comerciantes que precisam faturar e dos que mais necessitam do apoio do governo, até mesmo para se alimentar. Foram decisões prudentes, tomadas com base no diálogo e obedecendo à ciência”, enfatizou Wilson.

Ele lembrou que os leitos de UTI no Estado já estão com 86% de sua lotação e os últimos boletins registram uma média de 30 mortes diárias. “As medidas são temporárias e inevitáveis para evitar que a situação se agrave. Toda a população deve se unir e manter os cuidados necessários de prevenção para evitar que o sistema de saúde entre em colapso. É um trabalho de união entre governo e sociedade”, ressaltou.

Medidas

O deputado elogiou o novo decreto publicado nesta quarta-feira (10) que garante o funcionamento dos bares e restaurantes, durante a semana, e apenas com restrições nos finais de semana, podendo continuar as atividades em modo de entrega domiciliar e também para retirada do produto no local. Ele ainda citou o empenho dos líderes religiosos em continuar com as missas e cultos realizados apenas de forma online, priorizando a vida em um momento tão crítico que o país vive.

Sobre a suspensão das aulas presenciais na Rede Estadual, Wilson ressaltou que recentemente a Paraíba foi premiada pela Fundação Getúlio Vargas pela qualidade no ensino remoto e isso contribui para a continuidade do ensino sem prejuízos para os estudantes. O índice de Educação à Distância (EAD) de valor seis na Paraíba foi mais que o dobro da média nacional, que obteve 2,38.

PB Agora

Notícias relacionadas

ALPB e UFPB lamentam morte de ex-secretário de Recursos Hídricos Marilo Costa

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, em nome de todos parlamentares e servidores da Casa de Epitácio Pessoa, vem a público lamentar o falecimento do engenheiro…

Ruy Dantas é reeleito presidente da Abap-PB

A Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) manteve os membros da diretoria nacional e da regional da Paraíba em eleição realizada no último dia 31 de março. A posse…