Vitalzinho destaca 50 anos do Conselho Federal de Farmácia e importância do farmacêutico para a saúde brasileira

O deputado federal e Senador eleito Vital do Rego Filho, Vitalzinho (PMDB-PB) foi à tribuna da Câmara para homenagear os 50 anos de criação do Conselho Federal de Farmácia, comemorados nesta quinta-feira (11). Ele destacou a importância do Farmacêutico para a saúde brasileira e lembrou que o CFF é o órgão que regulamenta e fiscaliza o exercício da profissão de farmacêutico no Brasil.

Segundo Vitalzinho, a evolução da farmácia no Brasil é uma realidade proporcionada pela atuação dos profissionais de Farmácia que, ao longo dos anos, entenderam que a dispensação de medicamentos “exige técnica, conhecimento científico e humanístico, como mecanismo de transformação desta tão importante atividade, que auxilia na saúde pública de qualidade”.

Para ele, a farmácia e a drogaria de hoje não se restringem apenas à atividade comercial, mas “prestam assistência plena, visando universalizar os serviços farmacêuticos ao alcance de todos”. De acordo com o parlamentar, há, hoje, uma verdadeira revolução neste meio profissional, “com mudanças positivas, exigindo, a cada dia, uma melhor qualificação da figura do farmacêutico, atuante e responsável”.

Conselhos Estaduais – Ele também lembrou a importância dos Conselhos Estaduais de Farmácia, orientados pelo Conselho Federal, que “inovaram quando determinaram assistência plena nas farmácias e drogarias, visando transformar o profissional de Farmácia no principal elo entre a Medicina e a humanidade”.

Segundo Vitalzinho, hoje é possível encontrar farmacêuticos atuando não apenas nos balcões das farmácias e drogarias, mas também na indústria de alimentos, na farmacêutica e de cosméticos, nos departamentos científicos de grandes laboratórios, bem como na arte de manipular, criando o profissional magistral.

“O preparo profissional nas universidades e faculdades leva à compreensão de que a saúde, e não a doença, deve ser o alvo da atuação farmacêutica. O cidadão confia nesse profissional, esperando amenizar suas dores e sofrimentos, na busca de uma vida mais saudável”, destacou.

“Novo Farmacêutico” – Ele citou palavras do presidente do CFF, Jaldo de Souza Santos, ao lembrar que a história da profissão vai muito além dos 50 anos do CFF. “Jaldo disse que a classe tem muito a comemorar, pois a farmácia brasileira tem uma bela história, e também vivemos um momento de expectativa de crescimento da atividade, já que o CFF tem focado sua atenção, nos últimos anos, para a fiscalização profissional com orientação e para a qualificação e capacitação do farmacêutico”.

Para Vitalzinho, os serviços farmacêuticos têm passado por constante aprimoramento e, desta contínua construção, está nascendo um novo farmacêutico. “Um profissional em constante busca pelo conhecimento científico e consciente de suas responsabilidades sociais, motivo de orgulho para o CFF nesses 50 anos”. Vitalzinho também lembrou que o Farmacêutico tem sua profissão devidamente regulamentada pela Lei nº 3.820/60.

 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prisão dos vereadores de Santa Rita é tema de reportagem do Fantástico

Neste domingo (17) está previsto para ser veiculado no Fantástico, da Rede Globo, a ação que culminou com a prisão de 11 vereadores da cidade de Santa Rita durante a…

Mulher ferida por queda de árvore em JP recebe alta hospitalar

Após ter o carro atingido por uma árvore que caiu nessa sexta-feira (15) no bairro de Cruz das Armas, a mulher que estava no veículo e foi socorrida para o…