A Paraíba o tempo todo  |

Vistoria confirma problemas no Palácio da Redenção

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Em visita na manhã desta segunda-feira (30) ao Palácio da Redenção, técnicos do Instituto do Patrimônio Estadual (Iphaep) avaliaram que o prédio necessita urgentemente de um trabalho de manutenção e restauração.

Durante a vistoria o coordenador de arquitetura e ecologia, Raglan Gondim, detectou várias infiltrações no piso, presença forte de umidade nas paredes, falta de iluminação adequada, desordenamento da fiação, quadros rasgados, entre outras degradações. Estava também acompanhando a vistoria o engenheiro Sérgio Machado e o diretor do Iphaep, o professor Damião Ramos.

Damião Ramos afirmou que o órgão vai fazer um estudo e desenvolver um projeto, em caráter de urgência para solucionar os problemas, que será apresentado ao Conselho de Proteção dos Bens Históricos Culturais (Compec), e, posteriormente, após sua aprovação, este projeto será enviado à Suplan, para execução dos serviços. “Não podemos deixar um patrimônio histórico se acabar dessa forma. “Diante da complexidade estamos dando uma maior celeridade no caso, a prova disto é que a solicitação foi feita na semana passada e hoje já estamos aqui atendendo o pedido”, declara Damião.

O diretor do Iphaep diz também que não será preciso interditar o prédio e que os reparos a serem feitos poderão ser executados concomitantemente aos trabalhos da casa.

Segundo a administradora geral do Palácio, Gilda Almeida, que encontrou o prédio em estado lamentável e que há vários móveis tombados estragados. “Houve um total descaso com o patrimônio histórico, vários objetos sumiram, quadros, louças, pratarias, existem móveis tombados tão estragados que não sei se ainda consegue recuperar”, afirma Gilda.
 

Milena Feitosa

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe