Por pbagora.com.br

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) decidiu suspender os calendários acadêmicos do período letivo de 2020.1 para cursos presenciais de graduação dos quatro campi da instituição, em reunião extraordinária na manhã desta segunda-feira (20).

De acordo com os calendários cancelados, as atividades presenciais teriam início nesta quinta-feira (23), para os campi I (João Pessoa) e IV (Rio Tinto e Mamanguape), e em 14 de maio, para os campi II (Areia) e III (Bananeiras). A suspensão das atividades presenciais também valem para os cursos de pós-graduação. As pesquisas e  orientações continuam sendo desenvolvidas remotamente. A situação dos cursos do Ensino a Distância (EAD) serão discutidas no próximo mês. A UFPB tem 36.792 estudantes em todos os níveis de ensino.

Estas medidas valem por tempo indeterminado e enquanto perdurar, na Paraíba, a situação de emergência em saúde pública decorrente da epidemia de Covid-19. De acordo com a reitora Margareth Diniz, nova reunião ocorrerá em 5 de maio, quando serão apresentadas e discutidas propostas de funcionamento do período letivo de 2020.1 por meio de atividades não presenciais. Se aprovadas, as atividades remotas começarão em 11 de maio.

“Os calendários precisavam ser suspensos porque estavam vigentes. No próximo dia 5 de maio, vai acontecer outra reunião extraordinária para decidir o funcionando da graduação na UFPB, no modelo não presencial. Serão propostas, discutidas e deliberadas várias ações para docentes e estudantes até quando houver um momento seguro para retorno presencial. Vai dar certo”, tranquiliza a gestora.

A reunião do Consepe foi realizada por meio de videoconferência. Até o próximo encontro, as pró-reitorias de graduação, pós-graduação, de pesquisa e de extensão deverão acolher sugestões da comunidade universitária para as atividades acadêmicas não presenciais no período letivo de 2020.1, durante o isolamento social. Novos calendários serão elaborados pelo Consepe, assim que for considerado seguro o retorno do funcionamento presencial.

Ascom/UFPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João anuncia implantação de hotel escola Bruxaxá em Areia

O governador João Azevêdo assinou, nesta sexta-feira (25), na Granja Santana, em João Pessoa, a autorização de licitação para as obras de reforma e ampliação do hotel escola Bruxaxá, no…

TJPB julga improcedente ação de inconstitucionalidade da Ficha Limpa, na PB

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba julgou improcedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade ajuizada pelo prefeito do Município de Serra Redonda, que tinha por objeto a Lei Complementar…