NENN discutirá intolerância religiosa no segundo turno das eleições estaduais da Paraíba

O Núcleo de Estudantes Negras e Negros da Universidade Federal da Paraíba (NENN/UFPB) vem a público convidar todos os interessados a participarem das atividades alusivas ao dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de Novembro. As atividades do NENN acontecem entre os dias 19 e 30.

No dia 19, a programação será aberta com a mesa de “Diálogos Circulares sobre Intolerância Religiosa e Racismo”, com a presença de Mãe Renilda, Antônio Novaes e Edivaldo ‘Fun Fun’, Serge Katemberra e Danilo Santos, que apresentarão uma análise sobre a Intolerância Religiosa e o Racismo na Paraíba, evidenciados no segundo turno das últimas eleições estaduais.

No período da tarde e noite, o angolano Domingos José João da Cruz, mestrando em Direitos Humanos da UFPB, ministrará oficinas sobre as “Convergências entre a filosofia africana e sul-americana” e “Etnofilosofia e o futuro da África”.

Dentro da programação alusiva à memória do grande líder negro Zumbi dos Palmares, também será realizada uma palestra no dia 30 de novembro, nos turnos da tarde e noite, sobre “Corporeidade e Negritude em tempos contemporâneos”. O ministrante será Severino Lepê Correia, que nasceu e mora em Recife e trabalha com Djumbay, uma organização que, além das sua atividades políticas, também promove a cultura negra brasileira e suas raízes africanas.

As atividades ocorrerão na UFPB. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected], pelo twitter @nennufpb, ou pelos telefones: 88932354 (Danilo Santos); 88333006 (Alessandro Amorim); e 87089588 (Ana Luiza Barbosa).

Confira a programação completa do evento abaixo:

PROGRAMA DE DEBATES

DIA 19/11/2010, na sala 500 do CCHLA:

MANHÃ; 8h30 às 11h30; Tema – Diálogos Circulares sobre intolerância religiosa e racismo.

Objetivo: proporcionar a interação de visões acerca da intolerância religiosa e do racismo manifestados no decorrer do segundo turno das últimas eleições para Governo do Estado da Paraíba em 2010. Buscaremos entender como estes mecanismos de exclusão funcionam e como formam a base de um racismo mais amplo da sociedade paraibana, detectado, por exemplo, nas práticas do genocídio da juventude negra no Estado. A meta deste encontro reside na busca por táticas e estratégias de combate destas situações e de seus desdobramentos pelos movimentos sociais negros, quer seja no âmbito sócio-político ou sócio-religioso.

TARDE; 14h30 às 17h; Tema – A filosofia africana e sul-americana: convergências.
 

Metodologia: interativa e expositiva
 

NOITE; 19h às 21h30; Tema – Etnofilosofia e o futuro de África.
 

Metodologia: expositiva e interativa
 

Expositor: Domingos José João da Cruz

Síntese e objetivo: curiosamente, muitos temas tratados por filósofos africanos deste período (1950-1970) são semelhantes aos tratados por seus contemporâneos filósofos latino-americanos. Entre eles, estão: o caráter e a finalidade da filosofia; o mimetismo na cultura colonizada; a alienação cultural; a relação entre o Eu e o Outro fora dos parâmetros da racionalidade européia; (…); a relação entre filosofia e revolução; a questão da consciência e libertação nacional; a dialética da identidade; diversidade cultural e humanismo; filosofia e religião; filosofia e subdesenvolvimento; a filosofia como fator de libertação e a responsabilidade do filósofo em meio ao seu contexto histórico. O intercâmbio filosófico entre o pensamento africano e latino-americano de libertação ficou restrito a alguns autores, mas foi, contudo marcante.

DIA 30/11/2010. Local a ser definido:

TARDE; 14h30 às 17h: NOITE: 19h às 21h30; Tema – Corporeidade e Negritude na contemporaneidade.
 

Palestras ministradas por Lepê Correia.
 

Síntese e objetivo: o nosso corpo, mas do que um objeto para a consciência é a estrutura de onde essa consciência emerge. O contato do corpo com o mundo instaura uma história. Portanto, objetivamos proporcionar um conhecimento do corpo como agente ativo na produção da experiência ao receber estímulos concretos. Corpo individual como parte do corpo coletivo. O rearranjar de pressupostos afirmativos de um horizonte político capaz de utilizar vivências para elaborar situações significativas.
 

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cerca de 41 mil pessoas devem sair da Rodoviária de João Pessoa hoje

Cerca de 41 mil pessoas devem sair da Rodoviária de João Pessoa para o carnaval em outras cidades nesta sexta-feira (20). O aumento previsto na movimentação é de 5% em…

Programa da Energisa garante excelência no fornecimento de energia

Manutenções constantes e periódicas são agendadas para que sejam feitas melhorias na rede elétrica A energia de qualidade que chega à sua casa diariamente é assegurada por várias práticas adotadas…