A Paraíba o tempo todo  |

“Turismo regional é aposta para recuperação do setor”, diz Eduardo Carneiro

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Brasil é o destino preferido para férias para 92% dos brasileiros. Isso é o que revela pesquisa realizada pelo site de descontos e promoções de produtos Picodi, que aponta ainda que 63% dos viajantes compram passagens com antecedência e 49% reservam a estadia antes do tempo.

“O avanço da vacinação e essa vontade do brasileiro de viajar dentro do País, vem impulsionando o turismo regional, grande aposta para recuperação do setor e geração de emprego e renda”, disse o presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico, deputado estadual Eduardo Carneiro.

Levantamento realizado pela plataforma de reservas Booking.com revelou que para 63% dos entrevistados no país, viajar tornou-se ainda mais importante agora do que antes da pandemia de covid-19. Os dados também revelam que três em cada quatro brasileiros estão ansiosos para realizar a próxima viagem, o que coloca o Brasil no terceiro lugar no ranking dos países que mais desejam viajar em 2021, ficando empatado com a Índia e atrás apenas de Israel e Vietnã.

Entre os destinos mais procurados, estão os estados do Nordeste brasileiro, que oferecem o turismo de sol e mar, além de roteiros gastronômicos. Dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih) identificaram um incremento na ocupação de leitos nos últimos meses, chegando a 50%.

A retomada do turismo não tem sido apenas para o Nordeste. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o volume de atividades turísticas no país aumentou em 102% no mês de maio, se comparado com o mesmo período de 2020, quando a pandemia estava em alta. Essa expansão ocorreu em 12 unidades da federação, onde a pesquisa é realizada.

Na Paraíba – Se as cidades litorâneas do Nordeste têm sido o destino para quem vem de outras localidades do país, para quem está ou é da Paraíba, a busca tem sido pelo turismo local, cidades como Bananeiras e Areia – que registram as suas mais baixas temperaturas durante este período do ano – acabam enchendo os olhos e sendo um convite para quem vive à beira do mar.

Só nos últimos fins de semana de julho, a sócia-proprietária do Hotel Fazenda Triunfo, Maria Júlia Baracho, afirmou que a procura por hospedagem tem sido considerável. “A procura aumentou consideravelmente, lotando a capacidade máxima permitida pelos decretos governamentais”, pontuou.

Maria Júlia que também é sócia-proprietária do Engenho Triunfo reforçou que a reabertura dos engenhos para visitação e a exposição de Areia na mídia, com a conquista do título de ‘Capital Paraibana da Cachaça’, fruto de uma lei do deputado Eduardo Carneiro, contribuiu para o aumento da visitação ao município. “Posso afirmar como parte da Associação de Turismo de minha cidade, que a busca está ocorrendo em todas as pousadas, restaurantes e demais engenhos abertos à visitação”, analisou.

A empresária afirmou ainda que as expectativas para os próximos meses são positivas. “Fazemos parte de uma rede nacional de Turismo Rural Consciente e a expectativa é de que o interior e o campo serão os destinos mais procurados”, finalizou.

Areia – O município de Areia, atualmente, conta com um total de 12 empreendimentos voltados para hospedagem. São eles: Hotel Triunfo, Pousada Villa Real, Aconcheg’art Pousada, Pousada Luiz Soares, Colégio Santa Rita, Pousada de Fazim, Pousada e Hotel Casa do Lago, Vaca Brava Pousada, Sítio Casa de Vó, Balneário Água Viva, Rancho Nova Vida e Casa de Ana. Entre os pontos turísticos estão o Teatro Minerva, o Colégio Estadual de Areia, A Casa Pedro Américo, o Casarão José Rufino, o Museu da Rapadura, além dos engenhos de cachaça e outros espaços que reservam e contam um pouco da história da cidade.

Selo Turismo Responsável – O Selo “Turismo Responsável, Limpo e Seguro” foi criado pelo Ministério do Turismo há um ano em resposta à pandemia de Covid-19. Até agora, 28.272 empreendimentos e guias de turismo de todo o país assumiram o compromisso de adotar ações que protejam turistas e trabalhadores do setor contra a covid-19 durante suas atividades. Para mais informações, acesse http://antigo.turismo.gov.br/seloresponsavel/

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe