Os trabalhadores dos Correios da Paraíba entraram em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (11). A decisão foi tomada em assembleia do Sindicato dos Trabalhadores de Correios e Telégrafos da Paraíba (Sintect), realizada na noite desta terça-feira (10).

A principal reivindicação, segundo o sindicato, é a reposição salarial de acordo com a inflação e os benefícios integrais no valor acumulado da inflação do período agosto de 2018 a julho de 2019. Além disso, os trabalhadores pedem manutenção de cláusulas sociais e aumento de salário no valor de R$ 300 linear.

Conforme o Sintect, a proposta da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) reduziria a reposição salarial para 0,8% de reajuste, o que representa R$ 13 no salário-base de carteiro.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Candidatos do concurso da PM devem fazer pré-matrícula a partir desta 2ª

Mais de 450 candidatos aptos ao concurso para o Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar foram convocados no dia 6 de novembro. Agora, eles devem realizar a pré-matrícula,…

Jovem desaparece após se afogar na praia de Coqueirinho, no Conde

Um jovem de 18 anos desapareceu no mar, após se afogar na praia de Coqueirinho, no Conde, Litoral Sul da Paraíba, neste domingo (17). De acordo com o Corpo de…