Os trabalhadores dos Correios da Paraíba entraram em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (11). A decisão foi tomada em assembleia do Sindicato dos Trabalhadores de Correios e Telégrafos da Paraíba (Sintect), realizada na noite desta terça-feira (10).

A principal reivindicação, segundo o sindicato, é a reposição salarial de acordo com a inflação e os benefícios integrais no valor acumulado da inflação do período agosto de 2018 a julho de 2019. Além disso, os trabalhadores pedem manutenção de cláusulas sociais e aumento de salário no valor de R$ 300 linear.

Conforme o Sintect, a proposta da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) reduziria a reposição salarial para 0,8% de reajuste, o que representa R$ 13 no salário-base de carteiro.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Laureano: TAC prevê atendimento regular e mais transparência

A Fundação Napoleão Laureado assinou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e pelo Ministério Público Federal (MPF) e se comprometeu a adotar medidas…

Vené recebe mais de 30 prefeitos e articula ações em favor de municípios da PB

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) recebeu esta semana mais de 30 prefeitos paraibanos, em audiências realizadas no seu Gabinete, no Senado Federal. Os prefeitos foram a Brasília solicitar…