Por pbagora.com.br

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba reúne-se nesta quarta-feira (30), em sessão ordinária, a partir das 9h, para julgar 23 processos, dentre mandados de segurança, notícia-crime, agravos internos, ações rescisória e penal e incidente de inconstitucionalidade. Está previsto, por exemplo, o julgamento da notícia-crime nº 999.2009.000246-3/001, que tem como réu o promotor de Justiça Carlos Guilherme Santos Machado, e a ação penal nº 011.2055.000428-9/001, que envolve o prefeito do município de Cabaceiras, Ricardo Jorge de Farias Aires.

No caso do promotor, que se encontra preso em João Pessoa, o Ministério Público apresentou denúncia por ele ter atirado e provocado lesão corporal de natureza gravíssima contra o pedreiro Patrício da Silva, irmão de sua namorada. O fato ocorreu no dia 14 de junho, na cidade de Cajazeiras, Sertão paraibano. O relator do processo é o desembargador Nilo Luis Ramalho Vieira.

Já em relação à ação penal, que tem como autor Arnaldo Júnior Farias Dôso e como réu o prefeito do município de Cabaceiras, Ricardo Jorge de Farias Aires, a acusação é de crime de difamação. O relator do processo é o desembargador Joás de Brito Pereira Filho e o revisor é o desembargador Arnóbio Alves Teodósio.
 

TJPB

Notícias relacionadas

Cajazeiras volta à bandeira laranja e prefeitura determina toque de recolher

A Prefeitura de Cajazeiras editou decreto válido a partir desta segunda-feira (17) estabelecendo toque de recolher e fechamento de bares e restaurantes. A medida, assinada pelo prefeito José Aldemir, se…

PMJP concede descontos de até 40% no pagamento de multas de trânsito

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) agora faz parte do Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), que permitirá que motoristas tenham descontos de até 40% no pagamento…