Em carta distribuída à imprensa nesse fim de semana o candidato ao Governo da Paraíba pelo Psol nas eleições deste ano, Tárcio Teixeira lamentou os votos e as declarações de apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL).

No texto, ele diz que tem chorado por estar vendo as pessoas que tanto ama apoiarem tortura e até a morte.

Mesmo apoiando a candidatura de Fernando Haddad (PT), o socialista não citou o candidato e disse que estava falandor sobre não querer ódio no Brasil.

Confira documento na íntegra:

O que mais aprendi com minha família e amigos foi a amar, aprendi no exercício prático e com palavras. Hoje vejo quem amo apoiando a tortura e a morte. Sim, faz isso ao defender quem defende a tortura e morte de quem pensa ou vive diferente, ao defender quem tem Ustra – torturador que espancava, torturava e colocava ratos nas vaginas de mulheres e crianças – como ídolo, acaba dando um cheque em branco para que essa seja prática cotidiana.

 Ainda no primeiro turno um homem, de dentro do seu carrão, lá no sinal do Shopping Lagoa, virou para mim fazendo “dedinho de arma” e dizendo “você já era”. No segundo turno já são três assassinatos (Salvador, São Paulo e Sergipe) praticados por apoiadores de Bolsonaro e “anunciando” Bolsonaro na hora do crime. Ele mandou? não, mas suas declarações instigam o ódio e diz da sua prática caso ganhasse as eleições para Presidente. 

Podem dizer tudo dessas eleições em tempo de Fake News, menos negar as declarações de Bolsonaro defendendo a tortura e a morte. Quem vota nele, ao menos os que possuem total acesso a informação, sabe dessa postura e defesa. 

Não vou falar de propostas. Não vou falar de corrupção. Não vou fazer denúncias. Aqui vou apenas falar que não querer esse ódio (tortura e morte) na presidência já é motivo mais que pleno para que as pessoas não votem em Bolsonaro. Isso seria afunda o Brasil, em muitas vezes mais, na violência e no ódio. O que ocorre no processo eleitoral é apenas o começo. 

Se seu Deus defende tortura e morte de quem pensa diferente de você, vá para o inferno com ele, não adianta um novo pedido de perdão, o perdão de um pecado anunciado, pois não é possível ter apenas um pedacinho de Bolsonaro[1]. Seu coração (ou sua cabeça) pode até tentar enganar você, ou você tentar enganar as pessoas perto de você, mas votar no Bolsonaro é também votar na Tortura e na Morte. 

Estou em campanha pelo Brasil e pela vida de [email protected], mas também por minha vida. 

Sou Tárcio Teixeira. Sou Militante Socialista. Sou Nordestino. Amo as Diferenças. Não Sou Rico. Sou uma Potencial Vítima dos Antigos e dos Novos Ustra. 

Amo a Vida e a Democracia, lutarei por elas, nas ruas e nas urnas, não pretendo ir para clandestinidade, mas se preciso, lutarei por lá também.


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Rota Cultural Raízes do Brejo movimenta Serra da Raiz no próximo fim de semana

Serra da Raiz, distante 120 km de João Pessoa, promove neste fim de semana a quinta etapa da Rota Cultural Raízes do Brejo, que envolve nove municípios da região. A…

Governo do Estado define ações de combate a manchas de óleo em praias

O governador João Azevêdo se reuniu, nesta terça-feira (22), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, com instituições e órgãos ligados ao meio ambiente, além de representantes de prefeituras do…