Uma medida cautelar, do Tribunal de Contas do Estado, suspendeu a licitação do lixo realizada pela prefeitura da cidade de Cajazeiras.

O Conselheiro Substituto Oscar Mamede Santiago Melo, concedeu a medida após denúncias encaminhadas ao TCE pela empresa NOGUEIRA CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS LTDA – ME, que apontou irregularidades em dispositivos do edital referente ao pregão presencial nº 00034/2017.

De acordo com a empresa, nopregão que prevê a contratação de serviços de empresa especializada na área de limpeza urbana, para os serviços de varrição, capinação, poda de árvores, coleta e transporte de resíduos sólidos domiciliares e comercial no município de Cajazeiras, foram encontradas inconformidades cuja persitência poderão comprometer a legalidade e legitimidade do certame.

Confira:

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: em dez dias, JP registra mais de mil casos da doença

Os registros diários de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19) ainda continua subindo na Capital paraibana após quase 60 dias de isolamento social. Em dez dias, segundo dados do Governo…

NESTA 2ª: Romero deve anunciar medidas mais duras de isolamento em CG

Em um momento em que a crise pelo novo coronavírus se agrava em todo o Brasil e igualmente na Paraíba, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, deverá anunciar, nesta…