O Tribunal de Contas da Paraíba aprovou por unanimidade, na tarde desta quarta-feira (4), o pedido de intervenção estadual na Prefeitura de Bayeux, na Grande João Pessoa. A decisão foi tomada após a análise de uma inspeção especial de contas realizada no município.

O relator da matéria, conselheiro André Carlos Torres Pontes, justificou a medida com base em irregularidades apontadas em um relatório feito pela auditoria do órgão.

A necessidade da intervenção foi fundamentada, conforme o conselheiro, na ausência de pagamento regular por dois anos consecutivos da dívida fundada e na não aplicação do mínimo de 25% da receita municipal em educação e de 15% nas ações e serviços públicos de saúde.

Conforme o documento, também ficou confirmada a prática de improbidade administrativa pelo prefeito Berg Lima, que teve condenação mantida pela Justiça na última terça-feira (3).

Redação com G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Funcionário do Bemais morre em JP com suspeita de coronavírus

Informações chegadas ao PB Agora na tarde deste sábado, 04, dão conta da morte de um gerente de compras da rede de supermercado Bemais. Ainda de acordo com as informações,…

Energisa oferece vantagens a clientes de média tensão

Devido o cenário atual, com a diminuição do consumo de energia em alguns tipos de estabelecimentos comerciais, a Energisa oferece aos clientes de média tensão a possibilidade que seus estabelecimentos…