Os procuradores Manoel Antônio dos Santos Neto, Isabella Barbosa Marinho Falcão e Marcílio Toscano Franca Filho integram a lista tríplice com os nomes dos membros do Ministério Público de Contas junto ao TCE, que será encaminhada ao governador do Estado, a quem compete nomear o novo Procurador-Geral da Corte para o biênio. A posse deverá acontecer em novembro. A escolha foi realizada na manhã desta quinta-feira (01), em sessão extraordinária do Tribunal Pleno, sob a presidência do conselheiro Arnóbio Alves Viana.

Aberta a sessão pelo conselheiro-presidente, o secretário do Pleno Osório Almeida fez a distribuição das cédulas de votação com os sete integrantes do Ministério Público de Contas, organismo que tem como membros, além dos três escolhidos, os procuradores Bradson Tibério Luna Camelo, Elvira Samara Pereira de Oliveira, Sheyla Barreto Braga de Queiroz e o atual Procurador-Geral do TCE, Luciano Andrade Farias, cujo mandato se expirar no início de de novembro deste ano.

 

A apuração dos votos foi feita pelo conselheiro Nominando Diniz Filho. Ao final, o presidente Arnóbio Viana anunciou o resultado: Manoel Antonio dos Santos Neto encabeçou a lista com sete votos, seguido pelos colegas Isabella Barbosa Marinho Falcão (com seis) e Marcílio Toscano Franca Filho (com cinco).

Ao parabenizar os escolhidos, Arnóbio Viana destacou o processo de escolha e enalteceu o trabalho do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal, reiterando, tratar-se de um órgão que, ao lado dos demais membros que integram o Tribunal Pleno da Corte e seu quadro de auditores eficientes, elevam o nome do TCE-PB no controle externo nacional. O presidente também se referiu à atuação competente, sempre serena e discreta do atual procurador-geral, Luciano Andrade.

 

Medalha Cunha Pedrosa – Na oportunidade, o conselheiro Nominando Diniz, em reconhecimento ao trabalho realizado junto ao Pleno, propôs à Corte a concessão da “Medalha Cunha Pedrosa” – a mais elevada de suas honrarias, ao procurador Luciano Andrade Farias, iniciativa que foi aprovada, à unanimidade, pelos demais conselheiros. O procurador agradeceu a homenagem e a deferência do Tribunal, quando decidiu pela antecipação do pleito.

O conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo também manifestou orgulho em integrar o TCE-PB, referindo-se ainda ao trabalho do Ministério Público de Contas e da Auditoria, lembrando o reconhecimento nacional que goza a Corte de Contas da Paraíba no quesito controle externo.

 

Ascom/TCE-PB

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

1ª Caminhada Cultural de Campina Grande será realizada nesta quinta

Uma Caminhada Cultural vai percorrer as principais ruas centrais e pontos históricos de Campina Grande nesta quinta-feira, 17, em comemoração aos 155 anos de emancipação política de Campina Grande. O…

Diretor do DER fala dos riscos de desabamentos de pedras na Serra de Teixeira, no Sertão paraibano

O risco de desabamentos de rochas na Serra de Teixeira no Sertão paraibano, ganhou repercussão nesta semana com a queda de pedras em alguns trechos. Quem comentou esse risco e…