O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, foi alertado pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) a respeito das obras na barreira do Cabo Branco. De acordo com o órgão, o acidente no qual um homem despencou da barreira foi o argumento para alerta o gestor.

O TCE-PB cobra prazo, prestação de contas e ações de sinalização para dar segurança ao local. O documento foi encaminhado ao prefeito e demais auxiliares do gestor, como por exemplo o procurador-geral do município, Adelmar Régis; a secretária de Planejamento, Daniella Bandeira, e a secretária de Infraestrutura, Sachenka da Hora.

Segundo o TCE, é necessária ainda a alimentação do sistema de georreferenciamento do Tribunal de Contas com as informações solicitadas e a implementação de normas para impedir que pessoas alheias à obra circulem pela área.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia reforça segurança na orla por causa da retomada das atividades

A Polícia Militar reforçou a segurança em toda a orla de João Pessoa por causa da liberação das atividades físicas individuais. As ações começaram a ser colocadas em prática desde…

Idosa diagnosticada com raiva humana morre em João Pessoa

Uma idosa de 68 anos, diagnosticada com raiva humana, e internada no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa morreu nessa segunda-feira (13). A informação só foi divulgada nesta…