O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, foi alertado pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) a respeito das obras na barreira do Cabo Branco. De acordo com o órgão, o acidente no qual um homem despencou da barreira foi o argumento para alerta o gestor.

O TCE-PB cobra prazo, prestação de contas e ações de sinalização para dar segurança ao local. O documento foi encaminhado ao prefeito e demais auxiliares do gestor, como por exemplo o procurador-geral do município, Adelmar Régis; a secretária de Planejamento, Daniella Bandeira, e a secretária de Infraestrutura, Sachenka da Hora.

Segundo o TCE, é necessária ainda a alimentação do sistema de georreferenciamento do Tribunal de Contas com as informações solicitadas e a implementação de normas para impedir que pessoas alheias à obra circulem pela área.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraíba tem 5ª menor taxa de pessoas mortas por policiais no primeiro semestre de 2019

A Paraíba é o quinto estado com menor taxa de pessoas que foram assassinadas por policiais nos primeiros seis meses de 2019. Os dados são do Monitor da VIolência, com…

Mais de 2.600 cartões do Passe Legal foram bloqueados em setembro, em JP

Durante o mês de setembro, o sistema da biometria facial, que opera nos ônibus da capital, detectou a possibilidade de acesso irregular nos coletivos 83.628 vezes. Após verificação, ficou constatado…