Depois do caso envolvendo os vereadores de Santa Rita acusados de terem viajado para Gramado ás custas dos cofres públicos, um novo escândalo pode comprometer a imagem de mais uma Câmara Municipal da região metropolitana de João Pessoas. Dessa vez a suspeita é de que alguns vereadores da cidade de Bayeux estariam indo dar expediente nas sessões plenárias com sintomas de embriaguez.

A denúncia foi feita no plenário da Casa, nesta quinta-feira (28), pelo vereador de Bayeux, Adriano Martins, durante pronunciamento.

OUÇA

Mesmo correndo risco de ser punido por quebra de decoro parlamentar caso não tenha provas, ele insinuou que alguns colegas chegam bêbados para trabalhar na Câmara Municipal.

No Plenário da Casa, Adriano Martins ainda ameaçou fazer um requerimento formal solicitando da Mesa Diretora um bafômetro para ser usado pelos vereadores da Casa antes do início de cada sessão.

O vereador não quis citar nomes, mas afirmou já ter sentido cheiro de álcool em alguns colegas.

“Isso é uma imoralidade. Eu não mudei de posição não, mas continuo do mesmo jeito. Quero apresentar um requerimento pedindo que essa Casa compre um bafômetro. É preciso que esse Requerimento seja aprovado. E preste atenção em quem vai votar contra. Aqui vereador chama palavrão, esculhamba, faz o que quer, e ninguém toma uma providência com essa falta de respeito nessa Casa. Eu estou de saco cheio”, bradou Adriano no plenário.

O presidente da Câmara de Bayeux, Jeferson Kita, negou que qualquer vereador já tenha ido trabalhar embriagado ou sequer de ressaca. Ele justificou a acusação como sendo uma manobra da Prefeitura de Bayeux que, segundo ele, vem tentando manchar a imagem da Câmara, por isso publicizou a discussão, que é inverídica.

Para ele, a denúncia do colega trata-se apenas de mera perseguição política.

 

Severino Lopes

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TJPB: Ação Penal contra ex-procurador da PB será julgada pela Justiça Comum

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu, por unanimidade, que a competência para processar e julgar a ação penal contra o ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, e…

Movimentos estudantis se reúnem para pedir redução da tarifa de ônibus, em JP

Contrários ao mais recente aumento das tarifas de ônibus na capital, representantes de movimentos estudantis, agendaram uma reunião, para a manhã de hoje (28), na sede da Superintendência Executiva de…