Por pbagora.com.br
Dentro das ações do Movimento Maio Amarelo, mês dedicado à educação para o trânsito, a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), iniciou na tarde desta terça-feira, 03, uma série de blitze educativas em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
 
A primeira atividade conjunta reuniu motociclistas da PRF e da STTP, além dos educadores de trânsito da autarquia campinense, na Alça Sudoeste da cidade. Também participaram da ação membros do Sest Senat, da CPTran e da Energisa, entidades parceiras do Maio Amarelo. O foco foi conscientizar os condutores, que trafegavam pelo local, sobre a necessidade de respeitar as leis viárias para reduzir o risco de acidentes e de mortes no trânsito.
 
Ao longo do mês de maio, mais quatro atividades semelhantes serão realizadas. Para Carlos Dunga Júnior, superintendente da STTP, a parceria com a PRF é importante porque demonstra o diálogo entre as instituições e garante a realização de fiscalizações mais efetivas, bem como ações educativas e direcionadas à luta pela diminuição no número de mortes no trânsito.
 
“Nosso foco no maio amarelo em 2021 é o motociclista. Vamos utilizar toda a nossa estrutura para que a mensagem sobre a importância da pilotagem segura chegue ao maior número de pessoas e seja assimilada. Temos que reduzir essa tragédia que é a morte em quantidade tão alta de motoqueiros no trânsito de Campina Grande”, enfatizou Dunga Júnior.
 
O Maio Amarelo é uma campanha nacional de educação para o trânsito. Em Campina Grande, cidade Rainha da Borborema, o lema é “zerar acidentes de motos em Campina: um desafio possível”. 
 
Para atingir esse objetivo, a STTP está realizando diversas atividades em parceria com outras secretarias municipais, entidades públicas federais e estaduais e a sociedade civil organizada.
 
Projeto Educar
Em mais uma ação do Maio Amarelo, a PMCG, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), firmou parceria com a PRF para a implantação do Projeto Educar nas escolas municipais. 
A assinatura do acordo foi realizada na manhã da última segunda-feira, 03 de maio, na Escola Municipal Rômulo Gouveia, no Complexo Aluízio Campos. O evento teve a participação de Dunga Júnior e da secretária executiva de Educação, Socorro Siqueira.
 
O Projeto Educar é desenvolvido através de treinamento para os professores, palestras virtuais para os alunos e a distribuição de material didático relativo à educação para o trânsito. A STTP também participará da iniciativa, contribuindo com os conteúdos e cedendo colaboradores da Divisão de Educação de Trânsito (DET) para a participação das palestras e aulas on-line.
 
A meta do Educar é conscientizar as crianças sobre a importância do respeito às normas, para que cresçam conscientes sobre a importância desse comportamento para a construção de um trânsito mais seguro.
PB Agora

Notícias relacionadas

Vacinação da Educação em JP deve começar pelos professores da Educação infantil

O prefeito Cícero Lucena e o vice-prefeito Leo Bezerra se reuniram nesta segunda-feira (10) com diversos representantes da Educação na Capital. O encontro aconteceu no Centro Administrativo Municipal (CAM) e…

Plano de saúde deve indenizar paciente por negativa de cirurgia bariátrica, na PB

A Primeira Câmara Especializada Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba entendeu que a recusa da operadora de saúde em autorizar a cirurgia de Gastroplastia (cirurgia bariátrica), necessária ao tratamento…