Por pbagora.com.br

O superintendente da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), Félix Neto, orientou a população a denunciar os preços abusivos que estão sendo cobrados por mototaxistas na cidade diante da paralisação de caminhoneiros em rodovias do Brasil e falta de combustível em postos.

Em entrevista a Rádio Campina FM, Félix Neto orientou a população campinense a denunciar a prática à superintendência.

Deve denunciar e não concordamos, apesar de entender que é um quadro de excepcionalidade. Tem posto de gasolina praticando valor abusivo e não ter gasolina na cidade força uma elevação de preço natural na demanda. Nós, como Poder Público, não podemos concordar com isso. Estamos orientando a população a pegar o número do mototaxista e levar essa informação para a STTP. Temos meios de punir e até fazer devolver, se for o caso. Pedimos que tenha, evidentemente, a informação de quem é e, até se possível, uma gravação e filmagem para que possamos ser incisivos no que diz respeito ao acervo probatório – explicou.

Redação

Notícias relacionadas

PL de Santiago pode beneficiar enfermeiros com piso de até R$ 11 mil

No dia em que é celebrado o Dia Internacional da Enfermagem, o deputado federal Wilson Santiago protocolou, na Câmara dos Deputados, o projeto de Lei n. 1773/2021 que propõe uma…

Reitor da UFPB anuncia novo concurso público para o próximo ano

A construção de uma subestação 69 kV (quilovolts), que representará uma economia de R$ 500 mil por mês para a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), e a realização de concurso público no próximo ano. Estas foram algumas das prioridades elencadas pelo Reitor Valdiney Gouveia durante…