STTP continua apreendendo veículos que realizam transporte clandestino na cidade

A Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da STTP, registrou na manhã desta sexta-feira, 12, mais casos de flagrantes de transporte clandestino de passageiros. Desta vez foram flagrados pelo órgão dois automóveis que já se encontram nas dependências da STTP apreendidos.

Segundo a gerente de fiscalização e de transportes da STTP, Marília Santiago, os veículos tratam-se de um Micro-Ônibus Volare (descaracterizado) e um Pálio (caracterizado de Taxi), ambos de cor branca, cujos condutores foram flagrados transportando passageiros de forma irregular.

Ainda conforme Marília, a STTP em parceria com a Companhia de Policiamento de Trânsito – CPTRAN vem realizando uma fiscalização intensa em vários bairros da cidade com o intuito de reduzir o numero de transporte clandestino presente em Campina Grande. “Nossa plano de fiscalização vem sendo realizado diariamente, através de blitz e rondas por toda a cidade de uma forma itinerante e não tem prazo previsto para o término” destacou a gerente.

Para o superintendente da STTP, Salomão Medeiros, o objetivo dessas atividades é garantir a legalidade no trânsito, de acordo com o que manda a lei. “Lei é para ser cumprida, por isso estamos combatendo a clandestinidade e cada vez mais intensificando a nossa fiscalização, atendendo determinação do Ministério Público. Sabemos que é complicado reduzir de uma forma total a clandestinidade, porém, estamos nos esforçando ao máximo para reduzir drasticamente o número desse tipo de transporte”, afirmou o superintendente, concluindo sobre a importância da sociedade em contribuir com o trabalho do órgão, optando por veículos cadastrados pela autarquia que lhe promovem uma maior comodidade e segurança.

A STTP alerta ainda que o condutor que for flagrado de forma irregular terá seu veículo apreendido e só será liberado após o pagamento de uma multa, no valor de R$ 500,00.

 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TCE reprova contas e imputa débito de R$ 2,2 milhões a prefeito de Pitimbú

O Tribunal de Contas da Paraíba, em sessão plenária nesta quarta-feira (18), decidiu imputar débito de R$ 2,2 milhões ao prefeito de Pitimbú, Leonardo José Barbalho Carneiro, após reprovar as…

Irmã de RC entrega a Adriano Galdino cargo que ocupava na ALPB

A irmã do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), Valéria Coutinho, entregou nesta quarta-feira (18) ao presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB) uma carta de demissão do cargo…