O Estado da Paraíba foi liberado, por um período de seis meses, de pagar a dívida que tem junto à União por conta da pandemia do Coronavírus. A decisão é do ministro Alexandre Moraes, do Superior Tribunal Federal. Segundo ele, os recursos serão investidos no combate ao vírus.

As dívidas do Estado com o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de abril a dezembro, somam R$ 193,2 milhões.

O ministro já interrompeu temporariamente a quitação dos débitos de São Paulo, Bahia, Paraná e Maranhão com a União.

Assim como nos outros casos, a Paraíba terá que comprovar “que os valores respectivos estão sendo aplicados na secretaria da saúde para o custeio das ações de prevenção, contenção e mitigação à pandemia do coronavírus”.

Ainda estão pendentes os pedidos apresentados pelos governos de Pernambuco e Santa Catarina, sob relatoria de Alexandre de Moraes, e do município do Rio de Janeiro, em análise pelo ministro Luiz Fux.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Segunda morte por covid-19 é confirmada na Paraíba

Uma mulher de 86 anos foi a segunda vítima fatal da covid-19 na Paraíba. Ela faleceu no início da manhã deste sábado (04) no momento em que era transferida da…

Tibério confirma desistência da disputa pela reeleição na CMJP

Atual secretário de Desenvolvimento Humano do Governo da Paraíba, o vereador licenciado Tibério Limeira (Cidadania), confirmou nesta sexta-feira (03) que estará fora da disputa pela reeleição na Câmara Municipal de…