Um detalhe sobre a soltura dos 11 vereadores de Santa Rita presos durante a Operação Natal Luz e liberados após a audiência de custódia realizada na noite dessa quarta-feira (06), não passou despercebido.

É que a Juíza responsável pela decisão, Maria dos Remédios Pordeus, recebeu no ano passado, o título de cidadania santarritense pelos serviços prestados na cidade, proposto pelo vereador e presidente da Câmara, Anésio Miranda. Vale ressaltar que Anésio foi um dos beneficiados com a soltura.

A dúvida que passou a pairar e permeia as rodas de conversa na terra dos canaviais nesta quinta-feira (07) é se, teria sido correta a decisão da liberdade dos parlamentares ter sido decretada pela magistrada que foi agraciada por um deles.

Além da liberdade, os vereadores não foram impedidos de continuar nos cargos, mas seus salários foram suspensos.

PB Agora

Total
3
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF na Paraíba divulga balanço da Operação Proclamação da República

Durante os quatro dias de operação foram emitidos 1.267 Autos de Infração, um aumento de aproximadamente 129% ao ano anterior A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou em todo País, a…

Dia 24/11: passeio ciclístico marca Dia Nacional do Doador de Sangue

O Hemocentro da Paraíba vai iniciar as comemorações alusivas ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, com um passeio ciclístico que será realizado no dia 24 de novembro –…