Subiu para 15 o número d pessoas feridas por agulhas no Parque do Povo, durante São João 2018 de Campina Grande, entre sexta-feira (08), e esta segunda-feira (11). As vítimas foram atendidas no hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes.

As vítimas relatam que os acusados teriam usado agulhas de seringas e os ataques aconteceram nas proximidades do palco principal.

Os pacientes deverão passar por um tratamento preventivo oferecido pelo hospital. A polícia avalia imagens das câmeras de segurança para identificar os acusados. Até o início da manhã dessa segunda-feira, o Hospital de Trauma já havia registrado cinco casos. Outras duas pessoas que viram os casos sendo relatados na imprensa também procuraram atendimento durante a tarde. Na noite desta segunda-feira mais sete pessoas homens procuraram o hospital relatando o mesmo caso. Ao todo são 14 pessoas.

De acordo com a infectologista Priscila de Sá, as vítimas contaram que sentiram as furadas e, logo depois, foram ao hospital em busca de ajuda.

De acordo com o capitão da Polícia Militar, Jhonata Yassaki, as denúncias estão sendo apuradas. Ele destacou que as ocorrências não foram notificadas na Polícia Militar, pois as vítimas foram em busca de atendimento médico imediato. Desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira, as imagens das câmeras de segurança do Parque do Povo estão sendo analisadas. A Polícia Militar também destacou que a biometria facial anunciada pela empresa organizadora não está sendo feita.

PB Agora

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Carnaval 2020: Atendimentos no Trauma de João Pessoa crescem 6,3%

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou durante o período de Carnaval 657 atendimentos, número superior ao ano passado que foi de 618…

Vítimas de acidentes com moto lideram entradas no Trauma-CG no Carnaval

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, na cidade de Campina Grande, atendeu 887 pessoas durante o período carnavalesco. Nesses dias, foram realizadas 68 cirurgias. O balanço…