A Paraíba o tempo todo  |

Sindicato das escolas particulares vai à Justiça por retorno das aulas presenciais em JP

Contrário ao fechamento das escolas particulares, o presidente do sindicato, Odésio Medeiros, criticou o decreto emitido pela Prefeitura de João Pessoa que determina a suspensão das aulas nas escolas e faculdades privadas, devido à alta no número de casos de Covid-19. De acordo com o sindicalista, as unidades privadas de ensino estão pagando por aqueles que não está cumprindo os protocolos sanitários na pandemia.

Odésio ressaltou que o transporte coletivo na capital, assim como, casas de shows e de eventos vivem lotadas, além de não seguirem os protocolos de prevenção à covid-19. ”As escolas seguem tudo, distanciamento, uso de máscaras, álcool em gel”, comentou.

A suspensão das aulas presenciais em João Pessoa foi decidido em acordo feito entre a prefeitura, o Ministério Público Federal e o Ministério Público do Trabalho.

 

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe