O SINFEMP definiu a segunda paralisação para o dia 10 de outubro de todos os servidores públicos municipais de Patos, devido o não cumprimento integral do Acordo homologado pelo TJPB depois dos 50 dias de GREVE, como também em virtude do atraso de salários por parte do Prefeito Bonifácio Rocha, que em agosto atrasou o salário dos 803 aposentados e pensionistas e no mês de setembro o Salário dos 2.239 servidores ativos do município, causando revolta de todos.

De acordo com o Sindicato, o acordo homologado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba – TJPB, não está sendo cumprido. Entre os pontos definidos seriam a implantação das progressões horizontais e verticais, isonomia salarial, insalubridade, entrega do EPI- Equipamentos de Proteção Individual, condições dignas de trabalho, dentre outros.

“Como se não bastasse, o Decreto 031/2018, prejudica os servidores em relação a concessão de licença prêmio, férias, liberação de servidores para cursarem especialização, mestrado e doutorado, como também para licença para tratar de interesses particulares, sem ônus para o município”.

O SINFEMP denuncia ainda que no tocante a política de contratação de servidores sem concurso público permanece a mesma linha do Prefeito afastado, Dinaldo Filho pelo atual prefeito Bonifácio Rocha.

A presidente da entidade, Carminha Soares, denunciou que o 13° salário está ameaçado caso o gestor não enxugue a folha de comissionados, contratados e terceirizados. “Dia 10 de outubro todos no SINFEMP para manifestação”.

PB Agora com Assessoria 

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bombeiros se mobilizam para encontrar banhista que desapareceu em Praia Bela

Uma verdadeira foi montada pelo Corpo de Bombeiros, já nas primeiras horas da manhã deste domingo (18), em busca de um banhista que desapareceu nas águas da Praia Bela, no…

Homem é morto a tiros quando saía de bar, em Santa Rita

O distrito de Bebelândia, na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, voltou a ser palco de mais um assassinato. Dessa vez o crime aconteceu na madrugada deste…