Por pbagora.com.br

 Os servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos na Paraíba decidiram, nesta segunda-feira (28), encerrar a greve que acontece desde 16 de setembro. A categoria aceitou, durante uma assembleia, a proposta elaborada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) após ouvir os trabalhadores.

De acordo com o diretor administrativo do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos na Paraíba (Sintect-PB), Husman Tavares, a categoria volta aos trabalhos na terça-feira (29).

A proposta do TST determinou a criação de uma comissão paritária para estudar a situação do plano de saúde da categoria. Com isso, nenhuma alteração poderá ser feita sem a concordância dos trabalhadores.

Além disso, foi garantido aos servidores um reajuste linear nos salários de R$ 150 a partir de agosto de 2015 e de R$ 50 a partir de janeiro de 2016, reposição da inflação de 9,56% em todos os benefícios, redução do compartilhamento do vale-alimentação e ticket peru.

 

Redação com G1

Notícias relacionadas

Ponte que liga comunidades São Rafael e Hildon Bandeira desaba, em JP

Nesta sexta-feira (14), uma ponte que liga as comunidades São Rafael e Padre Hildon Bandeira, em João Pessoa, desabou por conta da força do Rio Jaguaribe, que transbordou com o…

Supermercado de CG deve indenizar cliente por furto em estacionamento

O supermercado Extra (Companhia Brasileira de Distribuição) deverá pagar a quantia de R$ 5 mil, a título de indenização por danos morais, a um cliente que teve objetos furtados de…