Por pbagora.com.br

Servidores da Educação de Campina Grande, de acordo com comunicado emitido pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab) realizarão uma manifestação durante as posses do prefeito reeleito do município Romero Rodrigues (PSDB), do vice e dos vereadores. O comunicado foi emitido na tarde desta quinta-feira e, segundo as informações, a manifestação acontecerá no próximo dia 1º de janeiro.

Os servidores reivindicam, segundo sindicato, “contra o golpe que o mesmo planeja sobre a categoria em relação ao Fudeb/Fundef”. A manifestação acontecerá no Teatro Municipal Severino Cabral, a partir das 17h.

Confira comunicado emitido pelo Sintab na íntegra:

PROFESSORES SE ORGANIZAM PARA PROTESTAR NA POSSE DO

PREFEITO ROMERO RODRIGUES PELO FUNDEB/FUNDEF

Os professores municipais de Campina Grande estarão reunidos neste primeiro de janeiro para protestar na posse do prefeito reeleito Romero Rodrigues (PSDB), e também dos vereadores, contra o golpe que o mesmo planeja sobre a categoria em relação ao Fudeb/Fundef, a partir das 17 horas, no Teatro Municipal Severino Cabral. 

Ao realizar um acordo ilegal e extrajudicial com uma confederação que não representa e nem possui o respaldo da categoria, o mesmo pretende diminuir o repasse constituído em Lei de 60% para 25% ao magistério.

O Fundeb/Fundef tem por objetivo a manutenção e desenvolvimento da educação, além da valorização dos profissionais da educação. Sem querer estabelecer um diálogo com a categoria, Romero Rodrigues escapa de seus deveres públicos e fere a Lei do Fundeb/Fundef ao inverter o montante do repasse. “Trata-se simplesmente de um golpe contra a categoria. Não existe outro nome para descrever”, diz o diretor do Sintab Napoleão Maracajá. Para mais informações, entre em contato pelo fone 3341-3178, através do e-mail ascomsintab2015@gmail.com ou na página Sintab PB.

 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

PMJP desenvolve grande projeto de recuperação da cidade no setor turístico

O turismo foi uma das atividades econômicas mais atingidas com a pandemia da Covid-19, gerando uma série de fechamento de empresas, demissões e prejuízos pessoais, já que muitos tiveram que…

Vereador de JP deve responder nas esferas criminal e cível por funcionamento de academia durante decreto

O Ministério Público da Paraíba está atuando para a imputação penal e civil dos responsáveis, dentre eles um vereador de João Pessoa, por uma academia de jiu-jitsu de João Pessoa…