Por pbagora.com.br

 Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira(29), na AABB, os servidores da saúde de Campina Grande decidiram deflagrar greve a partir da próxima sexta-feira(2), tendo como principal ponto de reivindicação o cumprimento do Plano de Cargos e Carreira da categoria.

Na referida assembleia foi discutido os diversos problemas que a classe enfrenta e foi demonstrado que a Secretaria de Saúde não resolve as falhas. Três reuniões entre o sindicato e a secretária de saúde foram marcadas, em duas oportunidades ela não foi e remarcou, e na outra mandou uma representante que sequer sabia da pauta da reunião. Na opinião do SINTAB ela tratou a categoria de forma desrespeitosa. Já são quase três anos que o governo deve o plano de cargos aos servidores e não há uma ação concreta para solução, além disto, falta condições de trabalho, falta de papel, de água e medicamentos.

Devido a todas essas questões não solucionadas, os servidores deliberaram por greve por tempo indeterminado a partir da próxima sexta-feira, dia este, que haverá também um movimento de rua na Secretaria de Administração, a partir das 9h. O Sintab destaca que os serviços essenciais não serão paralisados devido o movimento grevista.

 

Redação com Sintab

Notícias relacionadas

Covid: Alagoa Grande também decreta toque de recolher e outras medidas

Mais uma cidade paraibana terá medidas mais restritivas para conter o avanço da covid-19. Nesta segunda-feira (17), a prefeitura de Alagoa Grande, no Agreste paraibano, publicou um novo decreto com…

Homem que matou ex-companheira em Malta tem condenação mantida

A condenação de um homem a 15 anos de reclusão, em regime inicial fechado, pela morte da ex-companheira na cidade de Malta, foi mantida em grau de recurso pela Câmara…