O Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), tem auxiliado agricultores familiares, que trabalham com criação de bovinos e caprinos, na estocagem de sorgo para a alimentação do rebanho durante períodos de longa estiagem.

Um dos exemplos vem da região de Sousa, no Sertão paraibano, onde criadores confeccionam silos de superfície. O produtor Romero Lucena, de Vieirópolis, é um dos que têm investido no plantio de sorgo que, desde a semana passada, está transformando em silagem. “É uma nova alternativa de aproveitamento das potencialidades das várzeas de Sousa, diante das dificuldades de se trabalhar com outras culturas, a exemplo do coco”, comentou.

“Nos diversos municípios que compõem as várzeas na região de Sousa, é comum nas propriedades se observar a prática da silagem como suporte agropecuário”, acrescentou o gerente técnico da Empaer, Francisco de Assis Bernardino, destacando que muitos agricultores e criadores de gado têm buscado a orientação da Empaer para fazer o plantio de sorgo e construir silos de superfície. 

Outra vantagem, segundo Bernardino, são criadores que não usam produtos químicos na plantação de sorgo, ofertando ao rebanho ração de excelente qualidade. A partir do próximo ano, o produtor Romero pretende utilizar as próprias sementes de sorgo para fazer o plantio. “Outros proprietários poderiam também fazer sua silagem, e ter ração para manter seus rebanhos durante o período de estiagem, e até mesmo comercializar junto a outros criadores”.

Os trabalhos em Vieirópolis têm a orientação dos técnicos Gervásio Francisco Vieira e Daniel Sales de Abrantes, com o acompanhamento do gerente regional de Sousa, Francisco de Assis Bernardino.

 

Secom

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais de 2.600 cartões do Passe Legal foram bloqueados em setembro, em JP

Durante o mês de setembro, o sistema da biometria facial, que opera nos ônibus da capital, detectou a possibilidade de acesso irregular nos coletivos 83.628 vezes. Após verificação, ficou constatado…

Publicado decreto que regulamenta o trabalho temporário

O decreto que regulamenta o trabalho temporário, e que trata a Lei nº 6.019, de 3 de janeiro de 1974, está publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (15).…