A Paraíba o tempo todo  |

Senador declara que aeroportos não estão preparados para demanda e defende melhorias

 Responsável pela elaboração do relatório final apresentado na Comissão de Aviação Civil do Senado Federal, a qual é relator, o senador Vital do Rêgo (PMDB), afirmou que o país hoje não oferece uma boa estrutura aérea por conta do crescimento da demanda.

Ele lembrou que o ex-presidente Lula criou condições para que pessoas de mais diferentes classes, pudessem ter acesso a alguns bens, sendo que um, deles foi o de viajar de avião. “Viajar de avião deixou de ser um privilegio da elite e passou a ser um bem de consumo de todos”, observou.

Segundo Vital, os aeroportos do país não estão preparados para acolher toda essa demanda, o que tem gerado um certo desconforto como esperas, atrasos de vôos e outros problemas aéreos.

Na condição de relator da Comissão de Aviação Civil que está radiografando os problemas aéreos registrados no país, Vital do Rêgo disse que tem procurado fazer a sua parte, começando pelos aeroportos da Paraíba. Como relator da Comissão, Vital tem defendendo melhorias para os aeroportos do Estado, entre elas a instalação de um Terminal de Carga para o Estado. O projeto segundo ele seria prioridade da Infraero logo após a instalação o ILS que está em fase de instalação e que ser entregue em abril.

Ele lembrou que desde a época em que exercia o mandado de deputado estadual e Veneziano vereador, defendeu a instalação no aeroporto Presidente João Suassuna em Campina Grande do equipamento chamado ISL. Nesse sentido, revelou que no ano passado quando exercia a presidência da Comissão Mista do Orçamento (CMO), teve a oportunidade de se aproximar dos diretores da Aeronáutica , conseguindo assim, trazer o ILS para o aeroporto João Suassuna.

O equipamento que permite a realização de pousos e decolagens das aeronaves mesmo em situação adversas, está em fase de instalação e que ser entregue em abril. “Campina está a 550 metros acima do nível do mar e de madrugada a aeronave ou voa sobre instrumentos ou pousa com dificuldade”, observou.

Segundo Vital, várias entidades de Campina Grande como a Associação Comercial e a FIEP e o ex-prefeito Veneziano lutaram para conquistar esse equipamento.

Conforme anunciou Vital 80% das obras de instalação do equipamento já foram executadas. “Eu tenho a honra de anunciar que recebi um fax comunicando que 80% da obra já foi realizada, com previsão de término para o final de janeiro” anunciou. A presisão de chegada do equipamento é para 21 de janeiro, a instalação em fevereiro e os testes de início da operação no dia 5 de abril. No Brasil apenas três municípios tem o aparelho instalado em seus aeroportos. “Campina Grande vai ter esse aparelho que vai permitir qualquer aeronave descer em qualquer situação, porque vai descer sobre controle de aparelhos”, garantiu.

Recentemente o senador paraibano solicitou do Superintendente da Infraero no Nordeste, Fernando Nicácio, a ampliação da pista do aeroporto. Conforme relatou Vital, a última reforma no aeroporto foi feita em 2004 e o equipamento já está necessitando de reestruturação devido a sua importância para a economia da Paraíba, particularmente de Campina Grande.

A ordem de serviço para a reforma do aeroporto já foi assinada. A obra, orçada em R$9 milhões, irá recuperar a pista de pouso e decolagem, pista de táxi, além do sistema de drenagem superficial do local. Também estão previstos o nivelamento do balizamento luminoso, pavimentação de trecho de acesso à garagem de viaturas, sinalização horizontal das pistas e pátios e de recuperação do pavimento de concreto do pátio do terminal de voos. Obras começam ainda este mês.

“Fiquei muito feliz em saber que a reforma do aeroporto já é uma realidade”, comemorou o senador.

Por ser um equipamento importante para a economia do Estado, particularmente de Campina Grande, o aeroporto Presidente João Suassuna, precisa segundo Vital de investimentos estruturais. Isso porque o fluxo de passageiros que embarcam e desembarcam no terminal tem crescido a cada ano, principalmente no período do Maior São João do Mundo.

Ele observou que o equipamento hoje opera com dois voos diários que saem lotados com a sua capacidade máxima que é de 144 passageiros. E a tendência é que o número aumente visto que o turismo de eventos tem crescido em Campina Grande. Além do mais o país está prestes a sediar a Copa do Mundo de 2014 que ocorrerá no mesmo período dos festejos juninos, o que deverá atrair mais turistas para a Rainha da Borborema.

Vital já garantiu mais de R$ 130 milhões na ampliação de investimentos para os aeroportos da Paraíba e está tentando contemplar o aeroporto de Cajazeiras. “Esta é outra luta que vou travar este ano”, afirmou.

Redação com assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe