A Paraíba o tempo todo  |

Suspeito da morte de Expedito Pereira deve depor hoje sobre crime

O segundo suspeito de participar e tramar a execução do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, deve se apresentar nesta terça-feira (15)  ao delegado responsável pelas investigações, na Central de Polícia. O homem ficou de se apresentar acompanhado do seu advogado.

Ainda ontem, durante coletiva de imprensa, a Polícia Civil revelou que dois suspeitos já haviam sido identificados e um deles já estava preso. A polícia também não descarta a possibilidade de parentes estarem envolvidos no crime.

De acordo com o delegado Vitor Melo, os dois homens suspeitos de arquitetar e executar o crime trabalharam na campanha a vereador de Bayeux de Ricardo Pereira, sobrinho de Expedito Pereira.

Ricardo também foi chamado a depor, mas ainda não compareceu.

Expedito foi morto na manhã do último dia 9, quando andava pela avenida Sapé, por volta das 9h13. Um homem em uma motocicleta se aproximou e efetuou disparos contra o ex-gestor, de 72 anos, que morreu na hora.

 

Redação

 

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe