Por pbagora.com.br

O secretário executivo de Saúde, Daniel Beltrami, declarou, após avaliar os esforços de cada estado no intuito que prevenir a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) que é preciso se esforçar ainda mais. Segundo Daniel, a luta contra o colapso na Saúde não se trata a uma “corrida de 100 metros”, mas de uma longa e intensa maratona.

Beltrami destacou que nem os estados e nem o Governo Federal podem subestimar a capacidade de crescimento da quantidade de infectados. “Há duas semanas atrás o Nordeste tinha 35 casos, hoje, só o Ceará tem dez vezes mais que isso. Precisamos entender o contexto que estamos e possamos compreender que a gente não virou esse jogo ainda. Nós vamos precisar de tempo pra fazer isso. Não é corrida de 100m rasos, é preparação pra maratona”, analisou o secretário.

O secretário voltou a recomendar as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais pela continuidade do isolamento social e a quarentena daqueles que apresentem qualquer sintoma semelhante a uma gripe comum. “Para que os profissionais de Saúde possam estar nos centros de cuidados, cuidando das pessoas e as forças de segurança possam estar nas ruas garantindo a tranquilidade e a soberania da população paraibana as pessoas precisam ficar em casa”, declarou Daniel Beltrami.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

SES lança protolocos para retomada de eventos, teatro e cinema na PB

ASecretaria de Estado da Saúde (SES) disponibilizou, nesta quarta-feira (5), duas relações de protocolos, um para a realização de festas e eventos, e outro para o funcionamento de teatros e…

Novos selos fiscais para vasilhames de água entram em vigor na PB

Neste mês de maio, entrou em vigor no Estado da Paraíba o decreto com regras dos novos formatos técnicos de selos fiscais para vasilhames de 20 litros de água mineral,…