Por pbagora.com.br

Na tarde desta quarta-feira (14), o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, garantiu, em entrevista à imprensa, que o atraso na aplicação da segunda dose da vacina contra o coronavírus não prejudica na imunização.

Geraldo alertou que existem trabalhos científicos que demonstram que o prazo mais estendido entre a primeira e a segunda dose não acarretam diminuição da proteção da pessoa que já iniciou o protocolo de vacinação.

“Damos a tranquilidade aos cidadãos paraibanos, porque isso não acarreta nenhum prejuízo para o cidadão que atrasa a aplicação da segunda dose. Existem trabalhos mostrando que o distanciamento entre a primeira e a segunda dose ela não acarreta diminuição da proteção daquela pessoa. Então, 10, 20, 30 dias de retardo na aplicação da segunda dose não acarreta prejuízo para o cidadão”, disse.

Ainda conforme o secretário a falta de doses é um reflexo da escassez de vacinas no país inteiro, não apenas na Paraíba, além da mudança no cronograma do Ministério da Saúde.

“O cronograma do Ministério da Saúde foi modificado várias vezes. A projeção de recebimento de doses havia sido bem maior no mês de abril e, infelizmente, houve uma diminuição de praticamente 50%. Isso que ocasionou momentaneamente os municípios não terem a segunda dose em tempo hábil”, lamentou.

Geraldo pediu ainda que a população se tranquilize pois até o próximo sábado o estado vai estar recebendo novas doses e o calendário será retomado.

“Essa situação será normalizada brevemente”, finalizou.

PB Agora

Notícias relacionadas

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 40 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.372 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (15) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O…

Novo Normal: nº de cidades da Paraíba na bandeira laranja passa de 14 para 153

A Secretaria de Estado da Saúde publicou, neste sábado (15), mais uma avaliação do Plano Novo Normal que passa a vigorar nos 223 municípios a partir da segunda-feira (17). Na…