A Paraíba o tempo todo  |

Secretário de Saúde Waldson visita Patos

Waldson visita Patos para reorganizar administração do Regional

O secretário estadual de Saúde da Paraíba, Waldson Dias de Souza, manteve reunião hoje (quinta-feira 14) em Patos com a diretora interina do Hospital Regional Dep. Janduhy Carneiro, Sílvia Ximenes. Nesse encontro foi discutida ampla pauta, como a reorganização de toda a parte administrativa do Regional, providências técnicas, rearranjos de escalas e para colocar em prática todas as intervenções necessárias, a partir da mudança da direção, para que o Hospital possa produzir o que possa oferecer atendimento condizente com a necessidade da população.

Sobre a situação dos médicos que entregaram seus plantões, há uma bandeira da categoria que pede equiparação dos valores pagos aos colegas de Campina Grande e João Pessoa, foi taxativo ao afirmar que não há negociação, e que não recebeu nenhuma demanda nesse sentido. Explicou que os médicos que entregaram os plantões estão fora das escalas do Estado e essas escalas estão sendo cumpridas por médicos substitutos. “Não há movimento reivindicatório. E se caso houver reivindicação de salário não há como conceder e nem o Estado está abrindo essa discussão”, disse o secretário.

Em relação ao CRM – Conselho Regional de Medicina, que disse que os médicos de Patos estavam em movimento paredista, chegando inclusive a criticar e dizer que os colegas do Rio não tinham agiam contra a ética, inclusive licença para atuar na Paraíba, Waldson disse que é lei, um direito de qualquer médico de outro estado ter seu registro deferido pelo CRM e que virão médicos de onde for para cobrir escala, como foi feito em João Pessoa e Campina Grande.

“O que não vamos permitir é que a população fique desassistida. Estamos trazendo um debate muito mais qualificado, com uma cobertura de plantão com maior qualidade e não o descumprimento de carga horária, desse que se paga ao médico e ele fica em casa ou em outra atividade. Essa possibilidade não vai haver aqui em Patos. Já disse outras vezes e repito: Vamos fazer valer o cumprimento do que temos aqui de papel, de garantir o atendimento no Hospital e não cederemos, enquanto governo, à pressão de qualquer motivo”, enfatizou Waldson.

Em relação à escolha do novo diretor do Janduhy Carneiro e do gerente da 6ª Gerência Regional de Saúde, funções no momento sem titularidade, explicou ser uma definição que cabe ao governador Ricardo Coutinho, que se encontra no exterior, e quando este retornar, na próxima semana, fará esses encaminhamentos. Enquanto isso a ex-diretora da Maternidade, Sílvia Ximenes, continuará respondendo pelo Hospital Regional.

Sobre a nova gestão da Maternidade, através da empresa Fibra, enfatizou que há um trabalho qualificado de formação das equipes, fechamento das escalas médicas para o funcionamento da UTI Materna, esta já em funcionamento e ainda este mês deve ser concluída toda a capacitação da equipe neonatal para que a Maternidade possa vir a funcionar com todos seus serviços. “Certamente a Peregrino Filho será a maior referência estadual nessa área. Estamos implantando vários protocolos, novas estruturas incorporadas ao seu funcionamento. A gente vai ter resultados muito significativos e o ganho de todo esse trabalho é enorme para a região”, comentou.

Waldson informou que o projeto de implantação da Unidade de Oncologia (Unacon), agora sob responsabilidade da Suplan, está com seu processo de licitação aberto. Teoricamente, segundo o secretário, é uma obra de construção rápida, mas já há um processo de discussão junto ao INCA e ao Ministério da Saúde para formação e treinamento técnico que do pessoal que atuará na Unidade de Oncologia.

 

Ascom

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe