Por pbagora.com.br

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, chamou atenção dos paraibanos em relação ao perigo da disseminação de fake news através das redes sociais. Medeiros argumentou que a melhor forma de se informar é através de sites de órgãos oficiais. O secretário, em entrevista à emissora de rádio em João Pessoa, aproveitou para ressaltar que o novo coronavírus não é letal apenas para idosos, como foi propagado.

Ele demonstrou preocupação ao ter que lidar com dois tipos de disseminação. A primeira: a do novo coronavírus, por isso, destaca as relevantes medidas de isolamento social. E a segunda: as fake news, que, segundo ele, também precisam ser combatidas por todos.

“É um vírus que tem um alto poder de transmissibilidade e não mata só pessoas idosas, mata jovens também. É uma realidade nova que nós estamos observando na Europa, muitos jovens morrendo”, argumentou Medeiros.

Para ter acesso a informações verídicas e de credibilidade, Geraldo Medeiros orienta que a população busque fontes confiáveis e evite espalhar dados falsos, pois as consequências podem ser letais. “Não vejam informações oficiosas e de redes sociais, as chamadas fake news. Existe o site da Secretaria Estadual de Saúde, existe o site do Ministério da Saúde, então, em caso de dúvidas, a população deve se basear nesses sites e não informar errado porque isso pode representar a perda de vidas”, declarou.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Juliette diz que será sua própria empresária e que não gastou nada do prêmio

A campeã do Big Brother Brasil 21, Juliette Freire, fez ontem, sábado (15) sua primeira aparição ao vivo para os seus “cactos”. Ela conversou com eles por quase duas horas…

Em Cacimba de Dentro: Aguinaldo entrega ônibus e reforça parceria com gestão

A convite do prefeito Nelinho Costa, do Cidadania, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, do Progressistas, esteve, neste sábado (15), no município de Cacimba de Dentro para realizar a entrega de…