Por pbagora.com.br

O secretário de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Cláudio Furtado, fez um desabafo sobre o repasse federal durante a pandemia do coronavírus para que os estados mantenham a segurança alimentar dos alunos da rede pública.

De acordo com o secretário, o repasse federal é de apenas R$ 0,36 diário por aluno, o que no fim do mês corresponde a cerca de R$ 8, o que inviabiliza a distribuição por exemplo de cestas com alimentos para que as famílias preparem em casa.

Cláudio revelou que o restante do custo tem que ser complementado pelo governo estadual, o que dificulta manter o contexto nutricional na realidade atual, mas que a gestão já está preparando as medidas que devem ser tomadas para que os alunos não fiquem prejudicados.

“Estamos para anunciar algo relativo a isso aqui na Paraíba. O único parêntese que faço é que o recurso repassado pelo governo federal é de cerca de R$ 0,36 centavos por aluno ao dia para merenda, isso dá por mês cerca de R$ 8. Ou seja, há de ficar claro que com R$ 8 a gente não consegue uma cesta ou kit para distribuir com uma família”, disse Furtado.

O secretário tachou de ‘Cavalo de Troia’ a proposta e cobrou uma contrapartida maior do governo federal por meio Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

“Desse valor o estado tem que complementar o restante. É diferente você fazer uma merenda que distribui no dia, ter uma melancia para dividir com cinco pessoas. É uma realidade diferente, onde você pega e tira uma fatia e distribui para cada. É diferente você fazer uma distribuição em que você tenha que entregar uma melancia para cada pessoa. Então é diferente manter todo um contexto nutricional nessa realidade. Não tem como você distribuir kits que componham toda a necessidade nutricional do aluno com esses recursos destinados a merenda. Isso é um Cavalo de Troia que o governo federal coloca nas mãos dos estados” desabafou. As declarações do secretário repercutiram no programa Paraíba Verdade da Arapuan FM.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Raíssa ignora orientação do Avante e segue em campanha ao lado de Edilma Freire

Apesar da orientação do Avante para que seus filiados sigam a determinação da legenda de apoiar o nome do ex-senador Cícero Lucena (PP) na disputa pela prefeitura de João Pessoa,…

Abastecimento de água é suspenso hoje em15 bairros de Campina e em Pocinhos

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) enviou comunicado a imprensa destacando a suspenção nesta terça-feira (22), do abastecimento de água em 15 localidades de Campina Grande e…