Por pbagora.com.br

 

O secretário municipal de Educação e Cultura, professor Luiz Júnior,
anunciou, na audiência pública para debater a Lei de Diretrizes
Orçamentárias (LDO) do exercício 2015, a construção de 44 Centros de
Referências de Educação Infantil (Creis) em vários bairros de João Pessoa,
na ordem de mais de R$ 70 milhões; a construção de mais cinco escolas da
rede pública municipal de ensino, no valor de aproximadamente R$ 12,5
milhões; a implantação da Biblioteca Municipal e a Casa das Artes
(incluindo o Centro de Restauração), no Conventinho, orçadas em R$ 3,5
milhões. Dos 44 Creis, 14 estão em andamento, um foi concluído no Colinas
do Sul e 24 serão entregues em 2015.

 

 

Segundo o Secretário, a construção dos Creis vai atender pelo menos 50% da
quantidade de crianças de 0 a 5 anos. O sgestor lembrou que somente este
ano 60 escolas públicas municipais estão sendo reformadas e mantidas. “Nós
pretendemos até construir ginásios naquelas que possuem condições de
infraestrutura”, afirmou, revelando que essa proposta é uma reivindicação
feita no Orçamento Participativo (OP). As cinco novas escolas serão
construídas no Parque do Sol, Colinas do Sul, Paratibe, além de outras
comunidades.

 

Luiz Júnior informou que a Prefeitura, através da Secretaria de Educação e
Cultua (Sedec), tem como outras prioridades para este e o próximo ano
investir na formação continuada dos servidores da educação: professores,
técnicos, merendeiras, inspetores, entre outros. “Os professores, por
exemplo, vão ter cursos de pós-graduação, especialização e nível superior.
“Vamos ampliar os programas de formação da rede pública municipal. Não se
faz educação sem o professor está motivado”, acrescentou.

 

Ele também anunciou, com objetivo de melhorar acessibilidade nas escolas,
a aquisição de 12 ônibus para estudantes portadores de deficiência física e
a implantação de máquinas nas escolas que vão validar o “Passe Livre” dos
alunos nos ônibus. O professor Luiz ainda revelou projetos audaciosos da
pasta como a implantação da Biblioteca Itinerante, da Ecoteca (biblioteca),
na escola João Gadelha, em Mangabeira, e o Cineca (Cinema Ecológico), em
3D, nas Escolas Paulo Freire, no conjunto Nova Trindade, e Índio Piragibe,
em Mangabeira.

 

Reajuste salarial do Magistério 

O secretário Luiz Júnior destacou ainda, na audiência, os reajustes
concedidos ao magistério acima da inflação e atendendo o piso nacional. “No
ano passado concedemos um reajuste de 10%, superando o piso nacional, que
foi de 9,97%, e o índice inflacionário, que foi de 6%. Este ano concedemos
um aumento de 8,32%, igualando ao piso nacional, e superior aos 5,9% da
inflação”, informou.

 

Ele revelou outros projetos para 2015 como a realização de exposições na
Estação Cabo Branco – Ciência e Cultura e Artes, envolvendo grandes
artistas, a manutenção de programas em parcerias com o Governo Federal
destinados à educação, como “Brasil Alfabetizado”, bem como projetos
específicos, a exemplo do “Saúde Escolar”, Programa Educacional de
Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), “Educação para o Trânsito” e
“Educação Ambiental”.

Redação

 

Notícias relacionadas

Prefeitura de Bananeiras realiza drive-thru noturno para acelerar vacinação

O prefeito de Bananeiras, Matheus Bezerra, publicou em suas redes sociais foto recebendo vacinas na tarde da última sexta-feira, por volta das 16:00, na gerência de saúde localizada no município…

Paraíba adotará cotas raciais na aplicação da Lei Aldir Blanc

Medida integra pacote de ações em prol da classe artística para enfrentamento da pandemia da covid-19 rabalhadoras e trabalhadores pretos e periféricos da cultura na Paraíba serão beneficiados com cotas…