Após o presidente Jair Bolsonaro voltar atrás e dizer que pelo menos por enquanto, a chance da recriação do Minsitério da Segurança Pública é “zero”, o secretário da área na Paraíba criticou a decisão.

De acordo com Jean Nunes, Bolsonaro não estaria dando a atenção devida que a Segurança Pública merece.

Ele ainda reclamou da falta de repasses para os estados cuidarem dessa área.

“Um Ministério da Segurança Pública viria em boa hora se fosse para demonstrar que de fato teria atenção à segurança por parte do governo federal”, pontuou.

O secretário ainda alertou sobre o contingenciamento dos recursos que faz com que praticamente eles não sejam encaminhados para os estados, que têm que arcar com cerca de 85% dos investimentos na área.

“O governo federal tem condições de recursos para fazer um aporte muito maior para apoiar os estados, mas não tem demonstrado essa intenção”, concluiu.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Empresa espanhola passa gerir Aeroporto Castro Pinto a partir de hoje

A partir desta segunda (24) a empresa espanhola Aena Desarrollo Internacional passa a administrar oficialmente o Aeroporto Castro Pinto. A Aena foi a empresa vencedora do leilão do Bloco Nordeste,…

Vídeo: açude sangra em Cajazeiras e Inmet emite alerta para mais chuvas no Sertão

A madrugada desta segunda-feira (24) foi de fortes chuvas no Sertão paraibano, o que fez com que o Açude Grande, na cidade de Cajazeiras, no Alto Sertão, sangrasse. O Instituto…