A Paraíba o tempo todo  |

Opera Paraíba: Saúde retoma cirurgias eletivas não realizadas na pandemia

A pandemia do novo coronavírus, além dos efeitos causados nos sistema de saúde em decorrência dos pacientes diagnosticados com a covid-19, causou também uma paralização na realização de cirurgias eletivas não só na Paraíba, mas em todo o país. O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, garantiu em entrevista que o programa Opera Paraíba buscará realizar todos esses procedimentos em 2021.

De acordo com Medeiros, na Paraíba, cerca de 12 mil pacientes aguardam por cirurgias e boa parte destes tiveram seus procedimentos adiados em virtude do direcionamento de recursos da Saúde para o enfrentamento à covid.

– Houve a interrupção [do Opera Paraíba] durante três meses, em outubro ele retornou e foram submetidos a cirurgias de cataratas, hérnia e vesículas seis mil paraibanos. Este ano nós complementaremos o restante para tentar até o final do ano zerar a fila – afirmou Geraldo Medeiros.

O secretário ressaltou que, mesmo durante a pandemia, o Hospital Metropolitano de Santa Rita, que costuma receber pacientes com patologias que mais matam, a exemplo de doenças cardiovasculares e Acidente Vascular Cerebral (AVC), continuou funcionando por um determinado período, porém, com restrições.

– O aumento do número de casos de covid interfere no atendimento das outras doenças, mas estamos fazendo o máximo possível para contemplar pacientes com outras doenças e não só com a covid – concluiu o secretário.

 

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe