A Paraíba o tempo todo  |

SÃO JOÃO: MP alerta sobre proibições na queima de fogueiras

O promotor de Justiça Dmitri Nóbrega Amorim, de Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Social de Campina Grande, recomendou aos coordenadores regional da Sudema, do Meio Ambiente municipal e ao comandante da Polícia Ambiental, respectivamente Roberto Ramos de Almeida, Marília Pereira Amorim e o tenente-coronel Adeilson Pereira de Araújo, a realização de fiscalização para avitar a queima de fogueiras em ruas asfaltadas e em locais inferiores e 200 metros de distância de estabelecimentos públicos ou privados de uso coletivo.

 

A recomendação ministerial está respaldada na decisão de juiz de Direito Francisco Antunes Batista, da 1ª Vara da Fazenda, que, acatando uma Ação Civil Pública impetrada pelo MPPB, proibiu a queima de fogueiras juninas em desacordo com orientação do promotor Dmitri Nóbrega Amorim. As datas da proibição são 11 e 12 (Santo Antônio), 23 e 24 (São João) e 28 e 29 (São Pedro). O descumprimento a essa determinação poderá resultar em multas e/ou outras penalidades contra os infratores.

 

O funcionário do Ministério Público acompanhará o trabalho, cujos horários e pontos de partida ficam a critério dos órgãos de fiscalização. As anormalidades eventualmente surgidas devem ser comunicadas oficialmente à Promotoria do Meio ambiente de Campina Grande.

 


Assessoria

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe