Não importa se a noite é de chuva ou tempo estiado A edição 2019 do Maior São João do Mundo está excelente.

E a avaliação tem partido de quem é mais importante para o evento: forrozeiros de todo o Brasil, que escolheram Campina Grande para desfrutar um pouco da tradição nordestina.

O segundo final de semana de Maior São João do Mundo se encerrou neste domingo, 16, quando a festa chegou ao seu 10º dia de arrasta-pé e mistura de ritmos.

As opiniões de campinenses e turistas abordados nos bares, restaurantes ou na área dos grandes shows no Parque do Povo são muito parecidas. E todas positivas.

Dentre os pontos que estão sendo mais destacados estão a segurança, a organização do evento, que passa pela estrutura e pelo layout, e sobretudo as atrações, as quais atendem a todos os gostos.

A campinense Shirley Costa disse que a edição 2019 do Maior São João do Mundo está muito boa em termos de atrações musicais. Ela destacou que gosta mais do forró tradicional, porém entende a importância da participação de artistas que tocam outros ritmos.

“É uma mistura interessante. O importante é ter boas bandas e bons cantores, independente do tipo de música a ser tocada”, opinou.

Já o empresário Rafael Pompeu, que é da cidade de Taperoá, destacou a organização e a segurança da festa. Ele frequenta o São João de Campina Grande há cinco anos e  avaliou esta edição como uma das mais organizadas. “A tecnologia avança, as coisas vão se modernizando e mesmo assim o Maior São João do Mundo permanece mantendo suas raízes em vários detalhes”, disse.

O casal brasiliense Elize Farias e Geivisson Rocha está visitando Campina Grande pela primeira vez. Ela é professora e ele atua na área da segurança privada. Ambos  escolheram conhecer o Maior São João do Mundo para curtirem a lua de mel e destacaram a experiência como maravilhosa.

“O povo campinense é muito hospitaleiro, o atendimento e as comidas servidas nas barracas são excelentes. Temos sentido que a segurança está funcionando e a organização da festa está de parabéns”, avaliou Elize.

Para o bombeiro militar Heleno Wilson e sua esposa, a psicóloga Sabrina Rocha, que também são de Brasília, o período de quatro dias de permanência na Rainha da Borborema foi ótimo e a experiência de aproveitar o Parque do Povo deixou um gostinho de quero mais.

“É tudo muito lindo. Eu super recomendo. É um evento grandioso, mas que chama atenção em cada detalhe. Infelizmente só ficamos quatro dias e não deu pra conhecer tudo. Ano que vem, com certeza, voltaremos para aproveitar mais dias”, avisou Sabrina.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Previdência: Estado vai ao STF para garantir regime de urgência na ALPB

A suspensão da tramitação da Reforma da Previdência Estadual vai parar no Supremo Tribunal Federal. O governo do Estado anunciou que irá recorrer da decisão que suspendeu a tramitação em regime…

Morre aos 94 anos presidente do Grupo A. Cândido

Morreu nesta quinta-feira (12), aos 94 anos, o conhecido empresário paraibano Argemiro Cândido, que atuava há décadas no setor de transportes coletivos, e cuja família controla empresas como a Expresso…