Por pbagora.com.br

O governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania) sancionou o projeto de lei 1.683/2020, de autoria do deputado estadual Wilson Filho (PTB), que autoriza o uso do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza no Estado da Paraíba (Funcep-PB) para combater epidemias no Estado. A lei foi publicada na edição desta terça-feira (5) do Diário Oficial do Estado.

“A previsão orçamentária do Funcep-PB para este ano é de aproximadamente R$ 162 milhões. É um complemento financeiro que será usado para ajudar no combate a esta pandemia que vem demonstrando ser o maior desafio do nosso século. Os recursos do fundo poderão ser usados pelo Executivo tanto para a compra de equipamentos como para a implantação de políticas que amenizem o impacto financeiro da pandemia na população paraibana”, explicou o deputado, que é presidente da Comissão de Orçamento, Fiscalização, Tributação e Transparência.

O Funcep-PB é vinculado à Secretaria de Estado de Planejamento do Governo da Paraíba e conta como fonte de receita parcela de arrecadação do imposto Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação, conhecido por ICMS.

O projeto de lei aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa da Paraíba e sancionado pelo governador altera o artigo 1º da lei 7.611/2004, responsável por criar o Funcep-PB, e deixa claro em sua nova redação que, além das atribuições originais, o fundo poderá ser usado para o combate a epidemias.

Redação com Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: querem “apedrejar” o padre, mas não estamos vivendo a Lei de Moisés

Em nossa língua portuguesa, há um provérbio muito conhecido, que sofre pequenas variações a depender do local onde ele é pronunciado: “Quem tem telhado de vidro, não joga pedra no…

Banco deve indenizar em R$ 10 mil cliente que foi feito refém durante assalto

A Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba negou provimento à Apelação Cível nº 0807307-53.2015.8.15.0001 interposta pelo Banco Santander S/A, que foi condenado pelo Juízo da 4 Vara…