Por pbagora.com.br

Preocupado com os investimentos na saúde das pessoas e com o aumento do desemprego, o deputado federal Ruy Carneiro fez nesta quarta-feira (3) uma cobrança enfática à prefeitura de João Pessoa para que apresente imediatamente um plano de ação para assegurar a renda das famílias mais vulneráveis, estimular o emprego, proteger as empresas que estão fechando com a crise provocada pela pandemia do coronavírus e reativar a economia ao longo do tempo.

Do mesmo modo, Ruy exigiu a liberação imediata dos recursos que a prefeitura bloqueou, no valor de R$ 6 milhões, e que deveriam ser destinados à manutenção dos hospitais Napoleão Laureando, São Vicente de Paulo e Padre Zé. Por causa do bloqueio, pacientes com câncer ou fazendo hemodiálise têm sido prejudicados, além de milhares de outros que precisam de acompanhamento médico.

“A população de João Pessoa quer saber qual é o plano da Prefeitura pra reativar a economia, para recuperar os empregos e a renda das pessoas. Qual é o plano pra salvar as empresas que estão sendo fechadas? Não tem”, alerta Ruy. “Já era para ter apresentado há muito tempo, mas a prefeitura vem agindo com lentidão e de forma improvisada, sem nenhum planejamento. Organizamos o Fórum de Ação em Defesa do Emprego, reunimos propostas de toda a sociedade tratando com cada um dos segmentos, mas a prefeitura se recusou a participar”, salienta o parlamentar.

Segundo Ruy Carneiro, faz seis meses que ele e um grupo de parlamentares conseguiram liberar R$ 6 milhões para reforçar os serviços no Napoleão Laureano, São Vicente de Paulo e Padre Zé, que são essenciais para a atenção de saúde à população neste momento. Os recursos, contudo, estão bloqueados ou sendo utilizados com outra finalidade. “Está na hora de o prefeito Luciano deixar o conforto do home office e visitar os hospitais pra conhecer a realidade do sofrimento das pessoas. Os pacientes com câncer não podem esperar por tratamento. Quem precisa de hemodiálise também deve ser atendido logo, mas a prefeitura segue segurando os recursos, colocando em risco inclusive o pagamento dos funcionários dos três hospitais”, disse.

Para Ruy, o grupo político do prefeito está mais preocupado com as eleições municipais e por isso age com lentidão nessas questões que hoje mais afligem a população, que é a saúde e a falta de emprego e renda. “Os aliados da gestão municipal deixaram de ser ouvidos em um momento delicado da cidade por vaidade do prefeito, por falta de visão de futuro e porque Luciano quer tentar botar de qualquer jeito no lugar dele um subordinado que possa manipular, e isso a população não vai aceitar”, observa Ruy.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim Filho destina mais de R$ 2 milhões para creche em São Mamede

Na avaliação do deputado Efraim Filho (DEM/PB) é necessário investir em educação para se ter cidadania e neste sentido tem destinado recursos para construção de escolas, praças esportivas e creches…

Eleições 2020: MPE verifica acessibilidade em seções eleitorais de João Pessoa

O Ministério Público Eleitoral está acompanhando a preparação dos locais de votação das Eleições 2020, principalmente, no que se refere à acessibilidade. Esta semana, a promotora eleitoral Dulcerita Alves está…